M. Dias Branco anuncia aquisição da Jasmine e amplia participação em alimentos saudáveis

Companhia incorpora ao portfólio mais de 140 SKUs, entre alimentos integrais, orgânicos, sem glúten, sem lactose e zero açúcar

A M. Dias Branco, empresa líder nos segmentos de massas e biscoitos, anuncia a aquisição da Jasmine Alimentos, do Paraná, especializada em alimentos integrais, orgânicos, sem glúten, sem lactose e zero açúcar.

Esta é a segunda aquisição da M. Dias Branco no mercado de alimentos saudáveis em menos de um ano. Em setembro de 2021, a companhia anunciou a aquisição da Latinex, também do Paraná, incorporando marcas como Fit Food (snacks saudáveis), Smart (temperos) e Frontera (tex mex).

Fundada em 1990, a Jasmine já nasceu com foco em produtos voltados para a saudabilidade. Hoje a empresa conta com um portfólio de 140 SKUs, sendo as principais categorias cookies integrais, granolas, pães sem glúten e outros cereais diversos voltados para consumidores com necessidades nutricionais especiais ou que buscam qualidade de vida.

A marca é referência e líder no mercado de granolas, pães sem glúten e cookies integrais (fontes: Scanntech e Nielsen), a Jasmine foi adquirida em 2014, dos fundadores, pela multinacional francesa Nutrition et Santé. A operação será submetida à análise do CADE e, caso aprovada, a marca Jasmine passará a integrar o portfólio da M. Dias Branco, ao lado de marcas líderes em suas categorias como Piraquê, Vitarella, Adria, Fortaleza e Isabela.

“A Jasmine é uma empresa que já nasceu com o DNA de oferecer produtos voltados para o bem-estar e um estilo de vida equilibrado. Esta é uma tendência mundial e uma aquisição estratégica para a nossa companhia”, afirma Ivens Dias Branco Júnior, diretor presidente da M. Dias Branco. O executivo destaca que o segmento de alimentos saudáveis tem uma taxa de crescimento anual composto (CAGR) estimada em 5,3% até 2025, acima da indústria alimentícia em geral (3,6%) e do mercado de indulgência (4,5%).

Com uma fábrica de 15 mil m² inaugurada em 2015 em Campina Grande do Sul, região metropolitana de Curitiba, a Jasmine atinge mais de 26 mil pontos de venda por meio de força de venda direta e indireta, nas cinco regiões do Brasil. Cerca de 50% da receita da empresa hoje é proveniente de São Paulo e região Sul. A planta industrial conta com equipamentos de última geração e segue um modelo de produção sustentável. Além disso, os produtos da marca contam com certificações importantes, como Orgânico Brasil e Vegan.

“Com a capilaridade nacional de distribuição da M. Dias Branco, a marca tem grande potencial de se desenvolver em outras regiões”, explica Gustavo Theodozio, vice-presidente de Investimentos e Controladoria da M. Dias Branco. O executivo destaca que, com os investimentos realizados nos últimos anos, a fábrica conta com uma reserva de capacidade que habilita para uma nova rodada de crescimento junto à M. Dias Branco. “É mais uma demonstração do grande potencial de desenvolvimento da marca e de seu portfólio de produtos”, completa.

Fabio Cefaly, diretor de Relações com Investidores e Novos Negócios da M. Dias Branco, estima que o faturamento da Jasmine deve superar R$ 200 milhões em 2022. “Os produtos têm preços médios e margens atrativas e terão contribuição positiva no portfólio da M. Dias Branco”, finaliza.

 

Comments are closed.