Você está na categoria Colunas

Acreditar e Agir

Pedro Paulo Morales

Uma manhã ao mudar a sintonia do meu inseparável radinho de pilha me deparei com o final de um conto que achei muito interessante e que tem tudo a ver com os novos desafios do século 21, o século do Mundo 4.0.

Uma coisa é certa, o Mundo 4.0 vai ao mesmo tempo que melhorar a qualidade de vida para o ser humano, com o desenvolvimento da Internet das Coisas (IoT) e robótica, vai trazer o medo do desemprego devido a possibilidade de que algumas funções sejam substituídas por robôs ou outas invenções que estão por vir. Esse medo tem causado uma certa ansiedade ao ser humano, ou seja, ele não consegue visualizar com facilidade um porto seguro pela frente. Leia Mais

Nosso Centro de Humanidades da Uece

Design sem nome

Por Carlos Delano Rebouças

Foi uma época marcante na minha vida, período em que pude ter a oportunidade de conhecer o mundo, descobrir novos saberes, conhecer novas pessoas e iniciar a despedida do até então científico (ensino médio).

Época em que conheci o ambiente universitário, encantador, o qual me possibilita até hoje o exercício profissional. Época em que me sentia mais autônomo, mais liberto, mais Carlos Delano. Um divisor de águas, na real, na minha vida. Leia Mais

Saída e Saídas

Por Carlos Delano Rebouças

Design sem nome

A educação a distância, sem dúvida, foi a solução em tempos de pandemia, em tempos de distanciamento social. Foi a saída encontrada pelas instituições de ensino para manter vivo seus negócios e os sonhos de muitos estudantes
Por outro lado, sem nos afastar da sensatez, trouxe (traz) prejuízos para a qualidade do ensino, por permitir às partes envolvidas diretamente (docente e discente) a condição de uma certa acomodação, ou seja, de uma participação mais tímida no processo de aprendizagem. Leia Mais

Prática sem teoria

Design sem nome

Por Professor Carlos Delano

Somos imediatistas. Essa é a conclusão que tiro por sempre observar que não mais querermos seguir todas as etapas necessárias para nos tornar excelentes profissionais.

O grande médico, esse que trabalha muito para salvar vidas na pandemia, por exemplo, como estuda para fazer valer a gratidão dos familiares dos pacientes e da sociedade, não é? Mas será que estudam tanto quanto os antigos? Leia Mais