Positividade Tóxica

Pedro Paulo Morales

A positividade tóxica surge quando se tem dificuldade em aceitar a realidade.

Por Pedro Paulo Morales

Se você ouviu ou fala frases como “não pense nisso, seja positivo” ou “poderia ser pior” ou até mesmo a frase “no final vai dar tudo certo” saiba que essas frases são ditas por pessoas que apresentam uma característica de positividade tóxica.

A positividade tóxica surge quando se tem dificuldade em aceitar a realidade ou quer se parecer uma pessoa muito positiva ou animada. Pensar positivo é uma das características mais apreciadas hoje em dia tanto no mundo corporativo quanto nas relações pessoais porem pensar positivo todo o tempo pode ser um problema, estamos em plena pandemia, onde as maioria das pessoas estão intranquilas , preocupadas com a crise na saúde , o desemprego, a crise econômica e outras questões que queiram ou não queiram impactam na sua vida e por isso as vezes fica difícil ouvir frases como do início do texto.

Quando se pesquisa sobre o assunto lemos que muitos psicólogos estão definido positividade tóxica como sendo a características de pessoas que insistem em não enxergar a realidade de uma situação e para algumas pessoas que apresentam essas características chegam a criar uma realidade paralela negligenciando seus próprios sentimentos.

Uma pessoa com tendência a praticar a positividade tóxica pode ter a sua saúde afetada devido ao grande esforço que ela vai fazer para representar o que não é, algumas das consequências podem ser muito parecidas como problemas de pele a à síndrome do intestino irritável além de esgotamento físico e mental. Alguns especialistas chegam a dizer que os seus sintomas psicológicos podem ser mais graves que a depressão.
Sendo assim podemos recorrer a aquela metáfora do “copo meio cheio ou meio vazio” não há problema nenhum em aceitar que existem momentos na vida que temos que conviver com o copo pela metade, o momento que estamos passando é exatamente este , em alguns aspectos da vida nosso copo está cheio em outros está vazio e compete a cada ser humano a responsabilidade construir dias melhores a partir da aceitação de somos vulneráveis e precisamos por alguns momentos chorar nossos derrotas para poder voltar a construir nossas vitórias.

Vamos refletir e sucesso!
Pedro Paulo Galindo Morales é Graduado em Gestão, Especialista em Controladoria, MBA em Gestão Estratégica de Pessoas e Técnico em Contabilidade. Atua também como Editor do Blog Falando de Gestão e Professor EAD www.falandodegestao.com.br , pedropaulomorales@yahoo.com.br

Comments are closed.