Falando de Gestão

O Papel Fundamental das Pessoas no Ambiente Corporativo: Um Olhar para o Ano de 2024

Post Destaque (48)

Por Pedro Paulo Morales

Pessoas continuam sendo muito importantes para o ambiente corporativo, mesmo com o maior uso de inteligência artificial. O uso de tecnologia mais avançada no ambiente de trabalho nunca excluirá o ser humano do centro das decisões e da criatividade dentro das empresas.

Sendo assim, neste ano de 2024, será um ano dedicado a fazer com que os colaboradores se sintam felizes no ambiente de trabalho. Segundo pesquisas divulgadas pela consultoria Robert Half sobre o comportamento do colaborador no ambiente de trabalho, indicam que 9 em cada 10 empresas acreditam que quando os colaboradores trabalham felizes, os resultados atingidos pela organização são melhores.

Para 7 em cada 10 colaboradores ouvidos por essa pesquisa, indicaram que a felicidade no trabalho é atingida quando se tem a possibilidade de fazer o que se gosta. A segunda preferência para 6 em cada 10 colaboradores está no equilíbrio entre a vida pessoal e profissional; em terceiro lugar, mas com quase o mesmo número de pessoas, está o tratamento com respeito e a igualdade com que esses colaboradores são tratados dentro das organizações em que trabalham.

Como podemos perceber, as pessoas querem e precisam ser valorizadas pelas empresas para produzirem bons resultados e conduzirem as organizações ao sucesso. Com esses pontos colocados, não há dúvidas de que o ano de 2024 será o ano em que as empresas e organizações terão que prestar mais atenção aos anseios e expectativas de seus colaboradores.

Segundo essa pesquisa, a área de Gestão de Pessoas terá que focar suas estratégias em 2024 na satisfação do colaborador. Os principais desafios serão reconhecer os esforços feitos pelos colaboradores para progredirem na carreira, já que todos sabemos que não há espaço para todos ocuparem cargos de liderança dentro das organizações, e para isso terão que formatar uma progressão de carreira horizontal.

Outra questão crucial será alinhar os interesses pessoais dos colaboradores com suas metas e aspirações pessoais; segundo a pesquisa, 4 em cada 10 pessoa já desistiram do seu trabalho porque não foi possível conciliar as metas e objetivos pessoais com as metas da empresa.

Outro desafio para a Gestão de Pessoas será desenvolver estratégias de diversidade, equidade e inclusão (DE&I), pois a Geração Z está cada vez mais preocupada com temas que trazem justiça não apenas social, mas também temas como mudanças climáticas, responsabilidade social e sustentabilidade.

Sendo assim, as empresas e organizações terão muito trabalho em 2024 para alinhar seus objetivos com os de seus colaboradores.

Vamos refletir e sucesso!

About

O site Falando de Gestão tem a missão de produzir conteúdo capaz de despertar Insights positivos nos leitores.

POST YOUR COMMENTS

Your email address will not be published. Required fields are marked *