Thursday, 25/7/2024 | 3:36 UTC-3
Falando de Gestão

Crenças e Mitos Que Limitam o Sucesso do Empreendedor

Por Que Muitos Empreendedores Terceirizam a Culpa Pelos Erros? Os Processos Burocratizam e Engessam as Empresas?

Por Julio Cesar S. Santos

É bastante comum a vários empreendedores iniciantes terem muitas crenças que, com o passar do tempo, se mostraram erradas e acabaram influenciando o sucesso de alguns negócios. Uma delas, por exemplo, era a de que dar atenção aos processos não era tão importante quanto focar na execução do trabalho. Outros mitos muito comuns na mente dos empreendedores são de que “os funcionários erram demais” e “a culpa é sempre dos outros, pois somente o empreendedor sabe fazer o trabalho direito”. Além disso, existem mitos como: “a empresa não funciona sem sua presença”; “os processos só servem para engessar o trabalho”; “lidar com pessoas é muito complicado” ou que “a sua empresa vai levar anos para crescer”.

Para que você não repita os erros que esses empreendedores cometeram veremos a seguir algumas ideias equivocadas que você precisa eliminar definitivamente da sua vida de empreendedor. E sabe o que é melhor? Ao fazer esta mudança de mentalidade, você sentirá que o seu negócio – de forma automática – mudará também, pois como se sabe a empresa é o reflexo do dono e, quando você muda para melhor, consequentemente, ela muda para melhor também.

Mito 1: Os Funcionários Erram Demais!

Você já se deu conta dos motivos de seus funcionários “errarem tanto”? Nós costumamos terceirizar totalmente a culpa pelos erros para os colaboradores, mas será que a culpa é 100% deles ou a responsabilidade também é sua? Bem, se os seus colaboradores cometem muitos erros, existem vários fatores que podem explicar isso. Saiba, porém que a maioria deles tem a ver com a forma como as demandas são delegadas e com erros nos processos ou pela falta deles. A forma de demandar o trabalho é muito importante, pois quanto mais clara e objetiva é a sua delegação, melhor será a produtividade da sua equipe.

Para isso é importante que você empreendedor, ao delegar as tarefas, deixe bem claro quais são os objetivos, prazos, escolha os profissionais certos e sempre abra espaço para esclarecimento de dúvidas. Isso é essencial para que a equipe esteja bem orientada para realizar seu trabalho e também para que saiba que tem um campo de comunicação aberto com seu líder. Outro ponto que leva a muitos erros é a falta de definição dos processos da empresa. Se não existem diretrizes, normas, regras e uma orientação clara sobre como o trabalho deve ser feito, cada colaborador irá fazer suas tarefas do seu próprio jeito.

Deste modo, além de evidenciar a falta de padrão e organização, esta ausência de normatização vai aumentar os erros e retrabalhos, diminuir sua eficiência operacional, prejudicar a produtividade e apenas reafirmar sua crença negativa em relação aos seus funcionários. Então, reavalie esta ideia um tanto deturpada da realidade e, ao invés de taxar seus profissionais de incompetentes, busque evoluir como líder e administrador, incorporar processos e uma gestão de pessoas assertivas e criar condições favoráveis para que seus colaboradores possam entregar o seu melhor à sua empresa.

Mito 2: Reclamar e Terceirizar a Culpa

Quando tudo vai bem, o mérito é do empreendedor, já quando vai mal a culpa é do governo, da crise, do banco, dos impostos altos, dos concorrentes e dos funcionários que não fazem nada direito. E esta terceirização e excesso de reclamação também é uma das crenças que todo empreendedor, todo empresário deve eliminar. Você é o responsável pelo sucesso do seu negócio e, por isso, não culpe nada e nem ninguém por as coisas não estarem conforme você desejava. Pode soar clichê, mas toda dificuldade é realmente uma oportunidade, contudo, ela só se transforma em algo real e positivo quando deixamos o papel de vítima e nos tornamos o protagonista, o “herói” em nossa empresa.

Faça a sua parte, busque aprimorar seus conhecimentos, continue sendo audacioso e corajoso e se imponham frente às dificuldades por maiores que elas sejam. Use sua visão como motivação para continuar e também para ter ideias que lhe ajudem a solucionar seus problemas e fazer seu negócio prosperar com ou sem crise, com ou sem investimentos, com ou sem concorrentes. Foque na solução e não no problema! Seja a solução e não o problema!

Mito 3: Ninguém Faz Melhor do Que Eu!

Realmente, ninguém mais do que você conhece o seu negócio, porém, isso não quer dizer que você seja o único a dar conta do recado. Apague esta ideia ultrapassada de que somente você pode fazer bem o trabalho, pois esta mentalidade é um dos grandes impedimentos a que o empreendedor consiga delegar o trabalho, tirar seu foco das demandas operacionais e a que possa se dedicar a planejar o crescimento de sua empresa. Contrate bons profissionais, treine-os e oriente-os sobre como deseja que o trabalho seja executado, instrua-os bem quando demandar as tarefas e delegue.

A delegação não tira de você o poder, muito pelo contrário, mostra que você está mais consciente de seu papel como líder, que está evoluindo como empreendedor, tornando-se também um empresário e desenvolvendo um perfil mais estratégico. Reconheça que sua equipe é plenamente capaz de realizar muito bem o trabalho, afinal você a contratou para isso. Aproveite para estabelecer vínculos de confiança, empoderar seus profissionais e, com isso, ter mais tempo para planejar, inovar, corrigir os erros, aproveitar novas oportunidades, desenvolver novas estratégias e fazer sua empresa crescer e não apenas funcionar.

Mito 4: A Empresa Não Funciona Sem Mim!

Centralização não gera resultados. Controle os resultados, não as pessoas. Pense nesta frase antes de repetir que a empresa não funciona sem você, pois se isso acontece realmente, saiba que não é por incompetência dos seus funcionários, mas sim por erros na sua gestão. Quando o empreendedor tem um modelo de administração conciso e eficiente, com ou sem ele, a empresa sempre irá funcionar. Esta ideia de que o negócio não anda soa mais como vaidade do que como verdade, uma vez que isso só acontece quando o empresário se recusa a evoluir e implantar processos claros, eficazes, certeiros e congruentes.

Muitos empreendedores sofrem deste mito quando começam a empreender; entretanto, logo se percebe que é necessário implantar um modelo de gestão que permita cumprir seus compromissos profissionais e pessoais fora do negócio, sem que a ausência prejudique o seu funcionamento. Existem modelos de gestão que podem implantar processos eficientes em todos os setores da empresa e, com isso, corrigir falhas recorrentes, alinhar as funções de cada área profissional e direcionar o modo de realizar as tarefas. Isso propicia mais liberdade ao empreendedor para focar em áreas estratégicas do negócio, diminuindo o retrabalho, organizando os processos, dando maior confiança à equipe e deixou o empreendedor mais tranquilo.

Mito 5: Processos Burocratizam e Engessam a Empresa!

Muitos empreendedores ainda acreditam nisso. Mas, ao mudarem sua visão – quando implantaram os processos nas suas empresas – eles entenderam que, ao invés de burocratizar e engessar, eles otimizaram e potencializaram demais o trabalho. Entretanto, o sucesso dessa ação depende diretamente do modo como estes processos são definidos, ensinados e incorporados ao dia a dia do seu negócio e dos seus funcionários. Para ter sucesso e se beneficiar desta iniciativa é importante que os procedimentos, normas e diretrizes trabalhem a favor da sua empresa e não contra ela.

Para isso, em primeiro, plano é essencial que estes processos sejam: inteligentes, eficazes, congruentes, assertivos, modernos e customizados com as necessidades da organização. Esses processos geraram tanto resultado para o negócio que, alguns empreendedores foram à busca de obter a Certificação ISO 9001, a qual exige que a empresa tenha procedimentos documentados e padronizados. Na prática, isso quer dizer que esta normatização deve colaborar de forma produtiva para a organização do trabalho, bem como para o planejamento das estratégias, melhorias e inovações e também o crescimento da empresa no que tange os âmbitos administrativo e humano. Pense em tudo isso e repense esta ideia errônea sobre a finalidade dos processos e, ao invés de ignorar esta importante ferramenta de gestão, faça-a trabalhar para o sucesso e evolução contínua do seu negócio.

Mito 6: Lidar Com Funcionários e Pessoas é Muito Difícil

Além de empreendedores, nós também somos líderes e as principais referências dos nossos funcionários na empresa. Por isso, alimentar a crença de que lidar com pessoas é difícil não vai ajudar em nada em sua liderança e, na verdade, apenas dificultar seu relacionamento com sua equipe. Também não vale a desculpa de que não tem tempo para pensar em gestão de pessoas, ela é primordial para engajar, reter e desenvolver seus funcionários. Todos nós temos uma forma de pensar e agir, não existe certo ou errado, apenas formas diferentes de conceber o mundo. Por isso, em primeiro lugar, elimine a crença de que é complicado se relacionar com seus profissionais e não traga para seu negócio experiências negativas que você teve em sua vida pessoal, por exemplo.

No trabalho é importante que você mantenha uma postura profissional, exemplar e trate as pessoas muito bem, ou seja, do mesmo modo como gostaria de ser tratado. Para se relacionar positivamente com seus liderados é importante procurar entender quais são os perfis comportamentais dos seus funcionários, ou seja, sua forma de pensar e agir, seu nível de maturidade profissional e buscar adequar-se a isso. Ah, você acha que não precisa e que seus colaboradores é que devem se adaptar ao seu jeito?

Mas não é bem assim, pois você é o líder, o dono da empresa e, para ser efetivo na forma de delegar e liderar, é essencial conhecer muito bem a sua equipe e ter um relacionamento positivo com ela. Esta atitude facilita muito a convivência, o entendimento mútuo, o trabalho em equipe e a comunicação interpessoal. E tanto para você, que constrói uma relação positiva com os seus liderados, como para eles, que não sentem que são fardos para seu gestor, mas sim, muito importantes para a conquista efetiva dos resultados.

Mito 7: Vai Demorar Muitos Anos Para Minha Empresa Ter Sucesso

É comum ouvirmos empreendedores repetindo esta ideia que não denota realismo de sua parte, mas o reflexo de um completo conformismo com a sua situação atual. Se você já começou um negócio esperando que as coisas melhorem, ou cheguem ao ponto que considera ideal, saiba que vai perder não apenas seu tempo ou dinheiro, mas excelentes oportunidades. Portanto, elimine o mito de que seu negócio só chegará ao auge em 10 ou 15 anos. Esse conformismo coletivo é muito perigoso, pois na verdade ele é uma espécie de crença inconsciente, aquela que você alimenta sem perceber, mas que afeta diretamente os seus comportamentos e resultados e te faz acreditar que o tempo e, não você, é que irá projetar o sucesso do seu empreendimento.

Para sua empresa chegar ao próximo você precisa agir e mudar completamente seu mindset. Em outras palavras, você precisa virar esta chave, eliminar o conformismo da sua vida e ter audácia, ousadia e empenhar-se de fato pelo crescimento do seu negócio. Enquanto acreditar que ele não vai crescer em menos de 10 ou 15 anos, você estará certo, e esta também será a sua dura realidade. Sabe por quê? Porque os seus resultados só mudam, quando você empreendedor muda também. Se você demorar 10, 15, 20 anos para fazer alguma coisa diferente, tomar alguma atitude e agir em prol da aceleração do seu negócio, você corre grande risco de que neste período, alguém faça antes exatamente o que deixou de fazer. Geralmente quem enxerga estas oportunidades são os nossos concorrentes. Daí o final você já sabe, né?

_______________________________

Fonte: Manual de Gestão Empresarial (Acelerador Empresarial – Marcus Marques)

Professor Julio- Professor Universitário, Palestrante e Consultor Empresarial

Professor Julio

Professor, Jornalista e Palestrante. Articulista de importantes Jornais no RJ, autor de vários livros sobre Estratégias de Marketing, Promoção, Merchandising, Recursos Humanos, Qualidade no Atendimento ao Cliente e Liderança. Por mais de 30 anos treinou equipes de Atendentes, Supervisores e Gerentes de Vendas, Marketing e Administração em empresas multinacionais de bens de consumo e de serviços. Elaborou o curso de Pós-Graduação em “Gestão Empresarial” e atualmente é Diretor Acadêmico do Polo Educacional do Méier e da Associação Brasileira de Jornalismo e Comunicação (ABRICOM). Mestre em Gestão Empresarial, especialista em Marketing Estratégico

Banner
About

O site Falando de Gestão tem a missão de produzir conteúdo capaz de despertar Insights positivos nos leitores.

POST YOUR COMMENTS

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Fale com a gente Nossos contatos

Email: atendimento@falandodegestao.com.br

Phone: 85 98568-1058

Address: Fortaleza -Ceará