Profissional 4.0: O que você precisa para se tornar um

Pedro Paulo Morales
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Por Pedro Paulo Morales

Muito se fala em Revolução 4.0 ou em Industria 4.0. Mas o que é essa tal de Revolução? A principal característica desta é combinar algumas tecnologias para automação e troca de dados e a utilização de conceitos de Sistemas ciber-físicos, Internet das Coisas (IoT) e Computação em Nuvem fazendo com que a produção das indústrias sejam inteligentes , ou seja as maquinas são inteligentes, capazes de analises de dados e aptas a conduzir o todo o processo produtivo e precisam de pouca interferência do ser humano.

Apesar da necessidade de pouca interferência do ser humano as empresas do Mundo 4.0 precisam de colaboradores com novas habilidades para interpretar e analisar todos os dados produzidos pelas máquinas inteligentes.

Para que os profissionais tenham sucesso no mercado de trabalho nos dias de hoje é preciso que ele desenvolva certas habilidades (Skills em inglês) que vão fazer a diferença em sua empregabilidade. Essas habilidades são:

Habilidades Soft Skills: As pessoas soft skills são aquelas que tem habilidades comportamentais desenvolvidas como:

  • Autoconhecimento: É a habilidade que tem uma pessoa de conhecer-se, sabendo quais são seus pontos fortes e quais são seus pontos fracos. O objetivo maior dessa habilidade é se tornar um ser humano melhor.
  • Cordialidade: Ser cordial é ser uma pessoa que faz uso de regras básicas de educação como usar as palavras e expressões básicas como “obrigado”, “por favor”, “com licença”, “posso ajudar? “, ceder a vez as pessoas mais velhas, assento nos ônibus, metrô, ou seja, é a habilidade de tornar a vida do outro melhor.
  • Empatia: A empatia se resume na capacidade do indivíduo de se colocar no lugar do outro, ou seja, tentar entender os sentimentos deste para, assim, compreender as suas atitudes, por exemplo. Sinais de empatia são: entender que cada pessoa é única, escutar antes de falar, saber usar a linguagem corporal. Uma boa dica, é tentar não conversar com os braços cruzados ou bocejar durante a conversa, pois demonstra falta de interesse. Também é importante que você apresente pequenos sinais de concordância, indicando que está prestando atenção ao diálogo (como balançar a cabeça afirmativamente).
  • Assertividade: Assertividade é uma habilidade emocional que faz com que um indivíduo consiga tomar uma posição clara, ou seja, ele não fica “em cima do muro”. Uma pessoa assertiva tem autoestima, demonstra segurança e sabe o que quer e qual alvo pretende alcançar. Normalmente a assertividade está relacionada a pensamento positivo.
  • Ética: A ética deve ser entendida como sendo um conjunto de princípios básicos que tem por objetivo regular o costume, a moral e o costume das pessoas.
  • Flexibilidade: Essa habilidade tem a ver com se adaptar as mudanças e estar aberto a elas. Hoje com a rápida evolução tecnológica os processos de trabalho mudam rapidamente. O colaborador flexível é aquele que esta preparado para interpretar mensagens transmitidas pelos sistemas operacionais da empresas e tomar decisões caso as informações transmitidas apresentem alguma distorção.

Essas habilidades ajudam a conquistar bons relacionamentos tanto profissionais como pessoais. Outra habilidade que está sendo muito valorizada pelas empresas é a capacidade de trabalhar em equipe e influenciar pessoas.

Saber trabalhar em equipe e vender seu a ideia vai ser em um futuro próximo um fator primordial para o sucesso pois as empresas estão cada vez mais estimulando o trabalho em equipe, são os chamados métodos ágeis de trabalho.

As habilidades Soft Skills é que estão levando vantagem em um processo de seleção ou até mesmo levam vantagem quando o assunto é promoção ou demissão.

Habilidades Hard Skills:  São as habilidades técnicas que aprende durante a vida, que são aprendidas, que você pode ensinar a alguém, outra característica dessa habilidade é que ela também pode ser quantificada. São ressaltadas no currículo, afinal, é através delas que os recrutadores avaliam se uma pessoa é qualificada para ocupar determinada função ou cargo de trabalho, veja alguns exemplos:

  • Cursos técnicos,
  • Graduação,
  • Cursos de extensão,
  • Domínio de língua estrangeira,
  • Especializações,
  • Mestrado,
  • Doutorado,
  • Curso de programação,
  • Curso de Excel,
  • Curso de Design e
  • Curso de Marketing Digital, entre outros.

As habilidades citadas acima são primordiais em currículos, pois são elas que vão designar uma função ou cargo de trabalho para você, dentro de uma empresa. São elas, também, que definem a sua profissão, além de provarem que você está qualificado para ocupar determinada vaga de emprego.

Habilidades Multi Skill: O profissional 4.0 possui formação em diversas áreas e conhece um pouco de tudo. Essa característica é fundamental para o novo perfil do trabalhador da era 4.0, pois é preciso lidar com várias informações para entender o objetivo de uma tarefa. Além disso, com a multidisciplinaridade, o colaborador consegue ter uma visão sistêmica dos processos da empresa e é capaz de criar novas ideias, antecipar problemas e oferecer soluções rápidas para as questões do dia a dia.

Como vimos a Indústria 4.0 com suas muitas tecnologias começa a mudar o mundo e é primordial que os profissionais se adaptem rapidamente a esse modelo de trabalhar e sendo assim é preciso começar já antes que alguma maquina tire nosso emprego, portanto comece agora a desenvolver entre outras as únicas habilidades que as maquinas não podem desenvolver, as  Soft Skills

Vamos refletir sobre isso e sucesso!

Pedro Paulo Galindo Morales é Graduado em Gestão, Especialista em Controladoria e Técnico em Contabilidade. Atua também como Coordenador de conteúdo do Site Falando de Gestão www.pedropaulomorales.com, pedropaulomorales@yahoo.com.br

Comments are closed.