Você está na categoria Comportamento

RESGATE A SUA AUTOESTIMA.

Por Márcio Vaz

Para vivermos e convivermos em PAZ, faz-se necessário ter autoestima (saber se valorizar e obter a consciência de quem somos e do que somos capazes de fazer). Embora a maioria das pessoas projetem nos outros os seus parâmetros comparativos, não estamos o tempo todo a competir para querer Ter, Ser ou Ficar melhor do que alguém. Creio que, o melhor parâmetro a ser seguido, seja o nosso, ao buscarmos o autoconhecimento como forma de acesso a consciência de quem Somos e o que verdadeiramente Queremos e Podemos fazer.

Leia Mais

Agende seus Compromissos e Ganhe Tempo

Eugênio Sales

Eugênio Sales Queiroz

Se tem uma coisa que muitos profissionais reclamam no dia a dia é a falta de tempo para realizar tantas tarefas e cumprir os compromissos assumidos.

Muitos desses profissionais já começam o dia estressados por ver que tanta coisa para dar conta e o que acaba acontecendo é fazendo tudo às pressas o que prejudica muitas vezes o resultado esperado. Leia Mais

REDES SOCIAIS: Sistema de vigilância perfeito

Confira artigo da jornalista Flávia Varela

Quem pensa que as redes sociais são ferramentas de entretenimento e de encontro com os amigos, feitas simplesmente para perpetuar a livre troca de ideias e expressão dos sentimentos, está muito enganado.  As redes sociais são  sim uma forma aprimorada do panóptico de Bentham.

Leia Mais

Qual é o meu design?

por Alice Schuch: doutora em gêneros e raças, escritora, palestrante e pesquisadora do universo feminino

Aparentemente similares, somos todas diversas, e por esse motivo cada uma de nós busca fazer a diferença, desenvolver o próprio design.

Nosso projeto é sempre digno (superior, alto), mas contém em si riscos, pois, como refere Meneghetti: “ser ninguém além de si mesmo, num mundo globalizado que tudo faz para tornar-nos todos iguais, significa lutar a batalha mais difícil que qualquer ser humano pode enfrentar”.

Leia Mais

Você é 100% responsável pelos seus resultados

Ana Slaviero

por Ana Slaviero, especialista em transição de carreiras, palestrante e coach

Você deve estar pensando: “Como assim? Eu, 100% responsável?

Sim! Isso mesmo, você é o responsável pelas suas escolhas, pelas suas decisões e os resultados que obtém. Na minha trajetória levei tempo para me dar conta disso. Pois muitas vezes achava que, ao não me sentir plenamente realizada, a responsabilidade fosse da própria Congregação religiosa na qual estive inserida por 25 anos. Outras vezes responsabilizava a minha família, pois pouco me apoiara. Você próprio pode estar

Leia Mais