Empresas aderem ao home office e buscas por apartamentos cada vez maiores dispara

Casas grandes têm estado nas pesquisas de muitos compradores no Brasil.

Empresas aderem ao home office e buscas por apartamentos cada vez maiores dispara

Foto : Pixabay.com

A demanda por propriedades com quintais, piscinas, decks e salas de mídia disparou; assim como a demanda por apartamentos de quatro quartos, onde um deles acaba sendo usado como um escritório.

Quando a demanda supera a oferta e os preços dos apartamentos em Fortaleza estão subindo em um ritmo acelerado, tendemos a ver o número de vendas de mais de um milhão de reais aumentando, à medida que mais propriedades “tombam” para as faixas de preço mais altas.

Um dos principais motivadores por trás desse aumento na procura por apartamentos à venda cada vez maiores e pela consequente elevação de preços do mercado é a mudança fundamental no comportamento do comprador após a Covid-19.

Antes da pandemia atingir o mundo, houve um período de alguns anos em que as pessoas procuraram reduzir a quantidade de tempo gasto em suas propriedades para tempo de inatividade em outros lugares, com dinheiro gasto em jantares e viagens ao exterior.

No entanto, a Covid-19 e o aumento de empresas aderindo ao home office fizeram com que as pessoas passassem muito mais tempo em seus apês. Isso resultou em uma grande mudança no que as pessoas desejam de seus apartamentos.

Propriedades com espaço e flexibilidade são inestimáveis. Cada vez mais os compradores procuram imóveis que tenham espaço para malhar, divertir-se, trabalhar, educar os filhos em casa e espaço externo para atividades como natação, jardinagem, esportes e relaxamento.

Com as viagens internacionais praticamente inexistentes em 2020, quem quer comprar apartamento hoje também considera investir em propriedades uma parte significativa de um valor que, de outra forma, teria sido gasto em viagens ao exterior.

Em alguns casos, isso foi para reformas, em outros, foi para a compra de um apartamento de férias ou, no segmento de luxo do mercado, uma segunda ou terceira casa de férias. Essa tendência prevaleceu não apenas no Brasil, mas também em outras partes do mundo.

Outros impulsionadores foram fatores econômicos. O fato de termos taxas de juros mais baixas significa que as pessoas estão preparadas para pagar um pouco mais por apartamentos à venda do que quando as taxas de juros estavam maiores e, quando estão subindo para a próxima faixa de preço, descobrem que podem pagar mais do que haviam previsto.

Olhando para o futuro, é difícil prever como será o desempenho do segmento de imóveis mercado. Por um lado, temos medidas governamentais destinadas a estabilizar o mercado e torná-lo mais acessível para os compradores de imóveis primeira viagem.

Esta é absolutamente uma medida que deve ser considerada; os preços dos apartamentos aumentaram em um ritmo mais rápido do que os aumentos de poupança ou salários e o tempo que leva para salvar um depósito aumentou significativamente.

Localização

Os apartamentos mais cobiçados do Brasil, as “casas dos sonhos” atualmente para os brasileiros, têm sido nas áreas rurais e retiros suburbanos, que têm atraído o maior interesse de compradores de casas.

Muitos apartamentos procurados atualmente têm sido apês grandes e modernos em subúrbios tranquilos e arborizados, uma vez que muitas pessoas agora não precisam se preocupar com a distância do trabalho, já que estão podendo trabalhar em casa.

Muitos desses imóveis dos sonhos estão em áreas plantadas e incluem uma extensa lista de salas, incluindo academias, escritórios domésticos e cinemas como amenidades proporcionadas pelo condomínio.

É uma mudança em relação a antes da pandemia, quando a maior parte das propriedades mais pesquisadas online tendiam a ser apartamentos executivos em áreas centrais das cidades brasileiras.

As casas “populares” de hoje não são as mesmas de antes

A pandemia de Covid-19 teve um impacto claro sobre os tipos de propriedades que os compradores de apartamentos aspiram e o que buscam. Eles querem agora espaço e estar perto do centro da cidade não é tão necessário quanto antes.

Daí a preferência por locais remotos, antes considerados uma desvantagem e que, agora, se tornaram populares. A maioria das pessoas hoje em dia só vai ao escritório duas ou três vezes por semana, então estar em uma área que fica longe da agitação, em algum lugar onde você tenha um espaço maior, é atraente.

Muitos dos compradores de apartamentos atualmente que têm expressado interesse em imóveis maiores também são residentes do centro da cidade que estão se cansando de viver em espaços apertados.

Essas pessoas buscam, então, apartamentos maiores com tudo o que desejam no momento. E você pode ficar surpreso com as exigências, que podem chegar a ter um cinema dentro do apê, duas salas de estar e até uma piscina ampla.

Qual é o momento certo para comprar um apartamento maior?

Se você está trabalhando hoje em home office ou, por qualquer outro motivo, está buscando comprar apartamento maior para viver, a sugestão é procurar um bom negócio o quanto antes.

Isso porque os preços dos imóveis dispararam em todo o mundo por causa do aumento do home office, e como ninguém sabe até quando a pandemia irá durar no Brasil, a orientação é mesmo buscar aproveitar os preços do jeito que estão.

Com a incerteza batendo à porta da economia brasileira, pouco se pode afirmar sobre o futuro, e os preços, ainda que possam estar um pouco altos, podem aumentar no futuro caso haja novas ondas da pandemia no país.

A fim de cumprir bem a tarefa de encontrar um bom apartamento grande pelo melhor preço, a dica continua sendo a de sempre: pesquisar, pesquisar e pesquisar.

Na internet, hoje em dia, o que não faltam são sites de classificados de imóveis que permitem a comparação de preços e a busca por propriedades com os melhores limites de preços para você.

Mantendo-se sempre fiel ao seu orçamento e ao que realmente necessita em um imóvel para morar, além de não se esquecer de fazer uma boa pesquisa na internet, você pode ter certeza de que ainda dá tempo de fazer um bom negócio no setor de imóveis no Brasil.

Caso tenha achado o artigo interessante sobre o aumento da procura por apês maiores nos classificados de imóveis pelo país afora, não deixe de nos seguir nas redes sociais a fim de se manter atualizado sobre outros conteúdos interessantes para você!

Deixe uma resposta