Falando de Gestão

Fugini Expande Presença no Nordeste com Novo Centro Logístico em Maceió

A Fugini, empresa brasileira líder no mercado de molhos de tomate e milho, anunciou um investimento significativo para aumentar sua participação no Nordeste do Brasil. Com a inauguração de um novo centro logístico em Maceió (AL), previsto para o final de maio, a companhia visa otimizar a distribuição de seus produtos na região.

O novo centro logístico, com mais de seis mil metros quadrados e capacidade para estocar 2,2 mil paletes, promete reduzir os custos de frete e o tempo de entrega em até quatro dias para os estados mais próximos. “A região como um todo representa um mercado muito forte para o nosso negócio e nos oferece uma oportunidade ímpar de crescimento e expansão”, afirma Cristina Fugita, diretora da Fugini.

A escolha de Maceió foi estratégica, devido à localização privilegiada com acesso rápido à BR 101, principal corredor de tráfego do Nordeste. Além disso, a capital alagoana foi destacada no boletim Mapa de Empresas, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, como uma das mais ágeis no processo de cadastro de empresas.

Com duas plantas fabris em Monte Alto (SP) e Cristalina (GO), a Fugini atualmente distribui a maior parte de seus produtos para o Nordeste a partir da unidade de Goiás. A nova infraestrutura em Maceió permitirá um fortalecimento da presença da marca nos pontos de venda da região, ampliando sua margem de negociação.

Pioneira na introdução de embalagens em sachê no mercado de molhos de tomate e vegetais, a Fugini se consolidou como líder nacional nessas categorias. Além dos molhos de tomate e milho, a empresa oferece um amplo portfólio que inclui condimentos e doces, como a goiabada e o tradicional Amendocrem.

Este investimento reforça o compromisso da Fugini com a inovação e a expansão, visando sempre a melhor experiência para os seus consumidores.

 

Informações enviadas por Guy Gandelman

About

O site Falando de Gestão tem a missão de produzir conteúdo capaz de despertar Insights positivos nos leitores.

POST YOUR COMMENTS

Your email address will not be published. Required fields are marked *