Você está na categoria Opinião

Como se preparar para a retomada?

cats

Por *Marcos Maregatti

Até o início da semana passada, havia um clima otimista com relação a retomada da Economia e de maneira geral, começávamos a perceber os tímidos sinais de recuperação, ainda que de maneira pouco expressiva.

Apesar das últimas más notícias é importante que as empresas se preparem para o momento da retomada porque, acreditemos ou não, isso vai acontecer!
Uma das principais dúvidas que surge nesse momento no ambiente empresarial é: Como voltar a ter a mesma rentabilidade obtida antes da recessão?

Leia Mais

Como a normalização pode auxiliar no crescimento econômico do País

Ricardo Fragoso*

Ao longo dos anos o Brasil viu sua economia crescer por conta da normalização em diversas áreas. De acordo com estudos feitos pela International Organization for Standardization (ISO), com participação da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), empresas que passaram a seguir normas técnicas na sua produção e nos seus processos ou serviços obtiveram melhores resultados econômicos e de satisfação entre seus colaboradores e clientes.

Leia Mais

Reformar para melhorar

Por Clemente Ganz Lúcio

ClementeAs reformas normalmente são feitas para melhorar alguma coisa. Nas relações sociais é um pouco mais complexo porque há interesses diversos e, muitas vezes, divergentes. O que para um, reforma, para outro, deforma. É o que ocorre hoje com a imposição da reforma/deforma trabalhista, encaminhada pelo governo, com apoio do empresariado,

Leia Mais

O Desequilíbrio Econômico

Por José Antonio Puppio

O Brasil passa a sua pior crise desde a queda da bolsa de Nova York em 1929, e mergulha em uma profunda recessão, aliado a isso chegamos a marca de 14 Milhões de desempregados e para agravar o IBGE mostra que temos além de tudo isto 24 Milhões de subempregados. Leia Mais

Menos Conteúdo Local, mais desempregos. A China agradece

José Velloso*

As novas regras para a política de Conteúdo Local, anunciadas recentemente pelo governo brasileiro, irão equiparar o Brasil aos países exportadores de petróleo sem uma base industrial, como os membros da OPEP – Organização dos Países Exportadores de Petróleo – entre eles: Venezuela, Angola e Nigéria, que não souberam utilizar os investimentos em petróleo e gás em benefício do desenvolvimento nacional, provando que ter grandes reservas de petróleo não significa por si só ter riquezas.

Leia Mais