Você está na categoria Artigos de Delano Rebouças

Desabafo da Língua Portuguesa

Professor Carlos Delano

Professor Carlos Delano

Carlos Delano Rebouças – Educador profissional – Revisor de textos – Facilitador de curso

Sei que podem dizer que sou difícil, que sou complicada, que nem todo mundo me entende ou me compreende, ou que me diferencio de tantas outras mundo afora, sem ao menos conhecê-las. Quem dera que me conhecessem de verdade! Tenho certeza de que mudariam esse triste e equivocado pensamento em relação a mim.

Faço parte da vida de todos vocês, usuários da língua de Camões! E isso já há muito tempo, séculos, décadas, anos, meses, dias e horas, e instantes nos quais um choro, Leia Mais

DONA JUSTA, CADÊ VOCÊ?

Professor Carlos Delano

Por Professor Carlos Delano

Sempre nos lembramos da Dona Justa, pois, a cada momento, a sociedade nos oferece razões para que essa velha senhora, que nasceu antes mesmo da humanidade ser constituída venha a nossa lembrança.

Dona Justa já está bem velhinha…! Bem velhinha mesmo! Mas vem sofrendo tanto com as atitudes de quem insiste em contrariá-la… Leia Mais

O semear do classicismo na sociedade brasileira

DelanoCarlos Delano Rebouças

O grande mal que assola a sociedade brasileira é, indubitavelmente, o intenso e ininterrupto investimento na sua divisão de classes.

O classicismo social agrada, sobretudo, a um determinado tipo social classificado como mediano. Uma classe média que não aceita e jamais aceitou uma possível aproximação das que enxerga inferiores, por exemplo, nos quesitos posses e bens. Leia Mais

Um cenário nada otimista

Delano

Carlos Delano Rebouças

A luta pela sobrevivência nunca foi tão árdua quanto em tempos de Covid-19. Assim é a conclusão a que se chega muito além do ponto de vista sanitário.

Refletindo sobre o atual contexto nacional (e porque não, o internacional), é de elevada preocupação o cenário que se desenha para os próximos meses e anos, com base no que vivemos, hoje, de absoluta incerteza sobre o atual momento que passa a sociedade. Tempos difíceis que nos deixam reféns de decisões urgentes e responsáveis, as quais devem zelar pela vida, ao mesmo tempo que precisam preservar a economia. Leia Mais