Thursday, 25/7/2024 | 4:25 UTC-3
Falando de Gestão

O que torna uma organização atraente para um candidato?

Proposta de Valor do Funcionário (EVP) eleva a qualidade do capital humano e constrói uma imagem diferente da organização no mercado de trabalho

Afinal, o que torna uma empresa única e insubstituível para colaboradores e candidatos? Embora pareça uma pergunta complexa, a resposta é simples: a Proposta de Valor do Funcionário (EVP), que consiste no conjunto de benefícios oferecidos em troca das habilidades e experiências. Atuando como um meio de fortalecer o comprometimento e a permanência, o EVP oferece uma experiência positiva e contribui para atrair e reter talentos. O maior desafio, no entanto, é encontrar o equilíbrio entre o que é possível dado o setor ou ocupação e o que a empresa quer refletir.

A proposta de valor consiste em alguns elementos, como: compensação financeira; benefícios variados além daqueles estabelecidos por lei, como seguro de vida e férias adicionais; desenvolvimento profissional por meio de treinamentos, cursos, workshops e planos de carreira; cultura organizacional baseada em relacionamentos positivos entre os membros e espírito de trabalho em equipe. Mas não é só isso, para que o impacto verdadeiro ocorra, o EVP deve ser construído de forma coerente.

Conforme Ana Paula Prado, CEO de Infojobs e porta-voz de Pandapé, software de RH, a maneira mais eficaz de começar é analisar o contexto atual da empresa, incluindo as percepções de colaboradores e identificação do que é mais valorizado. “A tecnologia entra como uma grande aliada neste sentido, porque é possível elaborar pesquisas personalizadas, entrevistas de desligamento e até nos processos seletivos, com um mapeamento de perguntas que contribuam para que percebam a organização de uma maneira coerente. Isso ajudará a estabelecer metas alcançáveis e alinhadas com os pontos que deseja alcançar para atrair e reter talentos”, explica.

A partir disso, é possível definir a proposta de valor para a equipe, elencando oportunidades profissionais alinhadas com os objetivos estratégicos. Porém, é fundamental pensar no que é inspirador e atraente o suficiente para chamar atenção de diversos grupos.

“O EVP, quando concluído, precisa ser apresentado internamente, para quem já trabalha no local, mas também externamente, para que mais pessoas entendam o posicionamento que a organização adota. Isso pode ser feito por meio de publicidade, o que é bem comum, mas também aproveitar os canais de recrutamentos, sites e até relações públicas para isso”, ressalta a executiva.

Olhar com atenção se a proposta está sendo vivenciada no dia a dia é o diferencial para garantir o sucesso. Além disso, a partir das demandas do dia a dia, revisões precisam ser feitas para garantir que continue refletindo uma boa experiência aos funcionários.

“Hoje em dia, o RH da maior parte das empresas elabora estratégias constantes para vencer a fuga de talentos. Um EVP aliado a tecnologias que ajudam a conhecer  colaboradores, seus perfis, interesses e preferências contribuem para garantir satisfação e atrair e reter”, conclui.

Banner
About

O site Falando de Gestão tem a missão de produzir conteúdo capaz de despertar Insights positivos nos leitores.

POST YOUR COMMENTS

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Fale com a gente Nossos contatos

Email: atendimento@falandodegestao.com.br

Phone: 85 98568-1058

Address: Fortaleza -Ceará