Tag Archive for Opinião

Redes sociais: a vitrine de vaidades e mentiras

Professor Carlos Delano

Por Professor – Carlos Delano Rebouças – Educador profissional | Revisor de textos |Facilitador de curso

Muitos usam as redes sociais para extravasar, para mostrar-se com o seu lado mais natural de ser. A chance de sorrir sem as sonoras gargalhadas no silêncio do “kkkkkkk…”, quando a timidez não permite vídeos.

Outros as enxergam como a oportunidade de se tornar conhecido ou ainda mais que isso. Famoso? Sim! É o caminho mais curto e instantâneo de ganhar notoriedade, de tornar os milhões de josés e marias em josephs e marys. É a chance que um calango tem de sonhar com o dia que vai se tornar um jacaré. Leia Mais

O “apagão” de profissionais e o pagode sem graça

Pedro Paulo Morales

Por Pedro Paulo Morales

No ano de 2019 já se falava em “apagão de mão de obra”. A expressão “apagão de mão de obra” é usada para indicar que a economia pode limitar seu crescimento por falta de pessoas qualificadas para o trabalho.

Segundo uma pesquisa feita pela empresa de recursos humanos Korn Ferry com executivos de empresas no País em 2019 e publicada no site Infomoney mostrava que, no ano de 2020, haveria um déficit de 1,8 milhão de pessoas para vagas mais especializadas nas áreas de relacionados ao desenvolvimento digital e tecnológico que envolvem profissões como como segurança da informação, cientista de dados, analista de marketing digital e de desenvolvimento de produtos tecnológicos. Leia Mais

A Engenharia como antídoto para o desemprego

José Manoel Ferreira Gonçalves*

A debandada da Ford com suas fábricas do Brasil escancarou um dos grandes problemas, cada vez mais crônico, de nossa economia: o desemprego entre a mão-de-obra qualificada. Mercedes-Benz, Sony e diversas outras empresas baseadas em tecnologia já haviam anunciado o fim de suas respectivas unidades fabris, engrossando as estatísticas desanimadoras sobre a oferta de postos de trabalho na indústria. Leia Mais

Desindustrialização em marcha acelerada e a grave situação da engenharia

* José Manoel Ferreira Gonçalves

Após duas décadas recebendo subsídios fiscais da União, estados e municípios da ordem de R$ 20 bilhões, a Ford decidiu fechar suas fábricas no país. Débitos com o Fisco, contrapartidas e isenções à parte, o anúncio não apenas escancara a falência do modelo de subsídios e benefícios tributários adotado pelo Brasil, mas também demonstra, em um cenário mais amplo, a gravidade de um quadro econômico que se mantém preocupantemente inalterado nos últimos anos: estamos mergulhados em um acelerado processo de desindustrialização, com fuga de investimentos e queda acentuada no nível de emprego qualificado. Leia Mais