Você está na categoria Artigos de Julio Cesar S.Santos

A Orientação Para o Futuro Diferencia Chefes de Líderes

julio-cesar

Julio Cesar S. Santos

Qual é a Principal Característica dos Líderes Confiáveis? Você Entraria em um Movimento no Qual os Líderes Não Sabem Que Rumo Estão Tomando? Quais São os Dois Aspectos Que os Líderes Precisam Desenvolver Para Imaginarem o Futuro?

Para muitos estudiosos do assunto, está bem claro que a credibilidade constitui o alicerce da liderança, embora exista uma outra característica na lista das pessoas confiáveis que é o olhar para o futuro. Isso se deve ao fato de que se, os liderados não acreditarem que seu líder tem uma orientação para o futuro, provavelmente não o seguirão de bom grado. Então, pergunte-se: você entraria voluntariamente em um movimento no qual os líderes não sabem que rumo que estão tomando? Leia Mais

A Dinâmica do Relacionamento Entre Líder e Liderado

julio-cesar

Por Que a Confiança é a Base do Relacionamento Entre Líderes e Liderados? Que Valores as Pessoas Procuram em Seus Superiores? Quais São as Quatro Principais Características do Líder?

Por Julio César S. Santos

Para alguns estudiosos em liderança, confiança é uma via de mão dupla e, para funcionar, líder e liderado necessitam confiar uns nos outros. Outros afirmam que apontar o caminho, permitir uma visão compartilhada e encorajar o coração são as regras básicas que emergem dos melhores casos pessoais de liderança. Entretanto, essas regras constituem apenas uma parte do quadro, pois o retrato só se completa quando os liderados enxergam no líder a representação de seus próprios pontos de vista. Leia Mais

Inovação e Espírito Empreendedor

julio-cesar

O Que é Espírito Empreendedor?  Como Obtê-lo? Quais as Principais Caraterísticas do Espírito Empreendedor? Como se Tornar Um Empreendedor? Quais São os Princípios da Inovação?

Por Julio Cesar S. Santos

Para alguns especialistas o espírito empreendedor é a capacidade de uma pessoa em inovar; isto é, buscar soluções para os problemas, criando e identificando oportunidades de negócios. Ou seja, o espírito empreendedor é a capacidade do ser humano em identificar as necessidades de outros e oferecer a elas exatamente aquilo que precisam.

O espírito empreendedor NÃO É algo que nasce junto com a pessoa, pois ele é uma capacidade que pode ser aprendida. De certa forma isso é ótimo, pois indica que qualquer pessoa pode aprender a empreender, desde que se dedique com firmeza a isso. Leia Mais

Uma Reunião Com Peter Drucker (*)

julio-cesar

(*) Baseado em artigo escrito por Robert W. Swaim na Revista Business Beijing, como parte da série “Drucker Files”

Você acabou de ser escolhido CEO (chefe executivo mundial) de uma empresa multinacional brasileira – com filiais em quase todo mundo – atuando no segmento de produtos de consumo. Trata-se de uma empresa familiar que abriu seu capital na Bolsa de Valores e você está prestes a se reunir com a maior autoridade mundial em Administração – Peter Drucker – que se comprometeu à passar uma dia na sua organização. Você pretende obter a opinião do mestre quanto ao rumo e à melhor estratégia a ser seguida.

Leia Mais

Um Treinamento Para Não Pensar Cor-de-Rosa

Por Julio Cesar S. Santos

O Que é Pensar Cor-de-Rosa? Por Que Muitas Organizações Ainda Pensam Cor-de-Rosa? Como é a Relação Atual de Renda das Mulheres? Por Que as Mulheres São Responsáveis Pela Maior Parte das Compras dos Consumidores?

O poder do consumo feminino já foi muito negligenciado pelas organizações. Mas, nos últimos anos, muitas empresas vêm se esforçando para conquistar esse público que, com seu crescente poder de compra, está transformando o mercado. Com trilhões de dólares em jogo, as corporações tentam superar o maior desafio ao seu sucesso, o qual foi definido por Johnson & Learned ([1]) como “pensar cor-de-rosa” – uma visão estereotipada de uma das maiores oportunidades de marketing da história. Leia Mais

As Ferramentas do Gerenciamento da Qualidade

julio-cesar

Julio César S. Santos

Qual é o Propósito de Um Brainstorming? Qual a Grande Vantagem do Diagrama de Causas e Efeitos? Em Que Consiste a Ferramenta de Estratificação? Quando Usar a Ferramenta do Fluxograma?  

A partir de 1950, as ferramentas utilizadas nos processos de gestão foram sendo estruturadas com base em conceitos e práticas existentes. O PDCA é um modelo cujo objetivo é a manutenção e a melhoria dos processos e, em cada uma das etapas, são utilizadas diversas ferramentas. Leia Mais

Estratégia – Análise do Ambiente Externo das Organizações

julio-cesar

Por Julio Cesar S. Santos

Por Que as Empresas Precisam Entender os Cenários Alternativos? Como Lidar Com as Incertezas do Mercado? De Que é Constituído o Ambiente Geral de Uma Organização? E o Ambiente Setorial? Como São Desenhados Cenários Futuros?

Esse texto visa apresentar uma metodologia para mapear as evoluções do ambiente externo das organizações, buscando antecipar oportunidades e ameaças ao desempenho desejado pela visão, missão e objetivos empresariais. Entender os cenários alternativos desafia a empresa a ir além da projeção dos acontecimentos passados e da análise dos Leia Mais

Sugestões Para Melhorar a Área de Treinamento e Desenvolvimento Nas Empresas

julio-cesar
Por Que Muitas Empresas Consideram Despesas e Não Investimentos em T&D? Quais São as Deficiências Mais Verificadas Nas Atividades de T&D? Por Que os Benefícios do Treinamento Ainda se Encontram no Campo das Possibilidades em Algumas Organizações?

Por Julio Cesar S. Santos

Lamentavelmente,até hoje, muitos empresários, diretores e gerentes continuam questionando a validade do treinamento e a conveniência de se investir nele. Isso se deve, em grande parte, à incapacidade que os órgãos de treinamento têm demonstrado para comprovar seus resultados práticos. Leia Mais

Um Breve Panorama Sobre a Teoria Clássica do Emprego

julio-cesar
Em Que Alicerces se Baseava a Teoria Clássica do Emprego? E a Lei de Say? Como Raciocinavam os Teóricos Clássicos Sobre a Produção Global?

Por Julio Cesar S. Santos

A teoria clássica sobre o equilíbrio da atividade econômica (ou teoria clássica do emprego) fundamentava-se em argumentos derivados da confiança que os economistas liberais dos séculos anteriores depositavam no livre jogo das forças de mercado, como elemento condutor do equilíbrio geral. A lei de Say – que resumia com precisão toda argumentação clássica – se baseava na simultaneidade dos fluxos da produção e da renda. Leia Mais

Como Vendedores e Compradores Devem Negociar? O Que é Uma Negociação Ganha/Ganha? E a Lei de Gerson?

negociação

Julio César S. Santos

Conforme alguns especialistas, uma negociação é o processo de conseguir do outro aquilo que se deseja, através de determinado um acordo. Dessa forma, pode-se dizer que negociação é um processo de troca em que as partes determinam o mínimo e o máximo aceitáveis. Leia Mais