Thursday, 25/7/2024 | 3:28 UTC-3
Falando de Gestão

Henney Quilowatt: uma versão elétrica do famoso Gordine

Por Pedro Paulo Morales

Os carros elétricos sempre foram um sucesso! Mas como surgiram os carros movidos a eletricidade? Será que é uma invenção contemporânea ou o carro elétrico tem mais história do que conhecemos?

As primeiras carruagens elétricas rudimentares surgiram no final das décadas de 1820 e 1830. Já os veículos elétricos práticos e comercialmente disponíveis começaram a emergir na década de 1890. No entanto, no início do século XX, o alto custo, a baixa velocidade máxima e o alcance limitado dos veículos elétricos a bateria resultaram em um declínio global em sua utilização como meios de transporte privados motorizados. Apesar disso, os veículos elétricos ainda encontravam aplicação em equipamentos de carga, transporte e no transporte público, especialmente em veículos ferroviários.

A invenção do primeiro modelo de veículo elétrico é atribuída a várias pessoas. Em 1828, o padre e físico húngaro Ányos Jedlik desenvolveu um dos primeiros tipos de motor elétrico e construiu um pequeno modelo de carro movido por esse novo motor. O interessante é que até mesmo um carrinho de linhas curvilíneas e charmosas, repletos de adereços cromados, teve sua versão elétrica, e isso em 1959.

Estamos falando do Renault Dauphine, chamado de Gordine no Brasil, um carro produzido na França para estimular o mercado de carros populares após a Segunda Guerra Mundial, voltado especialmente para um público jovem que começava a ter um melhor padrão de vida. O novo Renault Dauphine também veio com uma novidade: as cores desenvolvidas para agradar o público feminino, que naquela época tinha grande influência na escolha das cores de um carro. O carro também nasceu com um nome nobre, pois os executivos da Renault, confiantes de que o carrinho seria a “rainha da estrada”, decidiram apelidá-lo de Dauphine, forma feminina do título feudal francês de Dauphin, que designava o herdeiro aparente do trono.

O Renault Dauphine fez muito sucesso no mundo inteiro, com um carro saindo da linha de montagem a cada 20-30 segundos e com motores da fábrica-sede da empresa na Île Seguin em Billancourt, Paris. A fábrica altamente automatizada de Billancourt poderia produzir um motor a cada 28 segundos. O último modelo básico Dauphines foi produzido em dezembro de 1966. Segundo informações da própria fábrica, foram produzidos quase 2,2 milhões de veículos no mundo.

Nos Estados Unidos, em 1959, um conglomerado empresarial chamado National Union Electric Company, que fabricava outros produtos como baterias Exide e auto-rádios, resolveu investir em carros elétricos através da Henney Motor Company, uma fabricante americana de limusines, carros funerários, ambulâncias e carrocerias de táxis. Com a Renault de saída dos Estados Unidos, devido à preferência dos americanos por carros maiores, os executivos da National decidiram fazer um teste com o Dauphine e construir um carro elétrico que usasse as baterias Exide de 2 Volts. O resultado foi o Henney Quilowatt, que em sua versão de 72 volts podia atingir 97 km por hora com um alcance de quase 100 km com uma única carga. Aliás, as propagandas da época diziam que os carros podiam ser carregados na tomada, como um aspirador de pó.

Infelizmente, o projeto do Henney Quilowatt foi descontinuado devido ao alto custo das baterias que compõem os veículos. A produção do Henney Quilowatt foi de 47 veículos, dos quais 15 foram adquiridos por particulares.

Existem cerca de 10 Renault Dauphine (Gordine) elétricos no mundo nas mãos de colecionadores. A história do Renault Dauphine é inspiradora e prova que o conhecimento está sempre em evolução, e seu sucesso dependerá sempre de novas tecnologias.

Bibliografia.

Henney Quilowatt. Na Wikipédia, A Enciclopédia Livre, 14 de fevereiro de 2024, em https://en.wikipedia.org/w/index.php?title=Henney_Kilowatt&oldid=1191537348

https://www.tecmundo.com.br/mobilidade-urbana-smart-cities/212835-historia-carros-eletricos-saiba-tudo-comecou.htm

Banner
About

O site Falando de Gestão tem a missão de produzir conteúdo capaz de despertar Insights positivos nos leitores.

POST YOUR COMMENTS

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Fale com a gente Nossos contatos

Email: atendimento@falandodegestao.com.br

Phone: 85 98568-1058

Address: Fortaleza -Ceará

+ Artigos