Falando de Gestão

Governo do Ceará rejeita proposta da Higer para instalar fábrica de ônibus elétricos no estado

Ceará Notícias
Pedro Paulo Morales       Jornalista Digital

Pedro Paulo Morales
Jornalista Digital

O projeto ambicioso de trazer uma fábrica de ônibus elétricos para o Ceará foi interrompido após o Governo do Estado recusar a proposta apresentada pela empresa chinesa Higer. A decisão foi tomada devido aos termos considerados arriscados para o estado, segundo informações apuradas pelo nosso site.

A Higer havia solicitado que o governo adquirisse uma parte da frota de ônibus produzida pela fábrica, caso houvesse excedente não vendido no mercado.

O modelo de produção proposto era o PKD (Partial Knock-Down), no qual os veículos seriam montados parcialmente no Ceará. Nesse processo, distribuidores enviariam itens como vidros, assentos, motores e baterias para serem instalados nos ônibus.

A proposta da Higer era ambiciosa, com planos de produzir de 350 a 700 ônibus por dia, o que poderia gerar entre 300 e 700 empregos indiretos no estado. A ideia de trazer uma indústria automobilística para o Ceará despertou expectativas de desenvolvimento econômico e industrial na região.

No entanto, diante dos termos apresentados, o governo estadual optou por não prosseguir com o negócio, lamentando a oportunidade perdida de inserir o Ceará no mapa da indústria automobilística. A rejeição da proposta da Higer evidencia a complexidade e os desafios envolvidos na atração de investimentos para o estado.

Banner
About

O site Falando de Gestão tem a missão de produzir conteúdo capaz de despertar Insights positivos nos leitores.

POST YOUR COMMENTS

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Fale com a gente Nossos contatos

Email: atendimento@falandodegestao.com.br

Phone: 85 98568-1058

Address: Fortaleza -Ceará

WhatsApp

WhatsApp

Atenção!

Falando de Gestão