Você está na categoria Artigos

Desindustrialização em marcha acelerada e a grave situação da engenharia

* José Manoel Ferreira Gonçalves

Após duas décadas recebendo subsídios fiscais da União, estados e municípios da ordem de R$ 20 bilhões, a Ford decidiu fechar suas fábricas no país. Débitos com o Fisco, contrapartidas e isenções à parte, o anúncio não apenas escancara a falência do modelo de subsídios e benefícios tributários adotado pelo Brasil, mas também demonstra, em um cenário mais amplo, a gravidade de um quadro econômico que se mantém preocupantemente inalterado nos últimos anos: estamos mergulhados em um acelerado processo de desindustrialização, com fuga de investimentos e queda acentuada no nível de emprego qualificado. Leia Mais

O que é empreendedorismo de impacto social?

*Marcus Nakagawa

O empreendedorismo vem crescendo nestes últimos anos como uma alternativa de sobrevivência e busca de realização pessoal. Muitas pessoas acham que empreender é somente ter uma ideia e colocar em prática sem nenhuma preparação prévia. Às vezes sabemos que este “bota para fazer” é necessário para conseguir pagar as contas, os boletos e colocar o alimento na mesa de casa. Segundo a pesquisa Global Entrepreneruship Monitor (GEM) que é realizado desde 2002 em vários países do mundo, Leia Mais

O que podemos aprender com a saída da Ford do Brasil?

Pedro Paulo Morales

Pedro Paulo Morales

Por Pedro Paulo Galindo Morales

Na semana passada a notícia caiu com uma bomba no mercado brasileiro. A Ford uma das maiores indústrias automobilísticas do mundo, que produziu no pais veículos como o Galaxie/Landau, Corcel, Maverick V8 e vários outros iria fechar suas fabricas brasileiras e demitir mais de cinco mil funcionários diretos, que sempre conhecido por pertencer a uma categoria que recebem salários acima da média de outros brasileiros sem contar  outros tantos empregos indiretos proporcionados por fornecedores de peças, concessionárias e os pequenos comércios que vivem em torno de suas fábricas. Leia Mais

Futuro do Trabalho: Quais competências preciso desenvolver para atender às novas demandas?

Especialista traz a Inteligência Emocional como tema principal e dicas para desenvolver essa habilidade

O cenário da pandemia acelerou as transformações que já estavam em andamento no mercado de trabalho e o ritmo de adesão da tecnologia com o home office, nomadismo digital, algoritmos, inteligência artificial, compartilhamento em nuvem e EAD já fazem parte da realidade da maioria de nós. Rebeca Toyama, especialista em estratégia de carreira, comenta e explica sobre as habilidades necessárias para acompanhar a tendência e traz 3 principais dicas para ajudar os profissionais a desenvolver a Inteligência Emocional e se destacar no meio corporativo e em suas áreas de atuação. Leia Mais