Você está na categoria Artigos de Professor Menegatti

Inovação disruptiva…

Tipo de Liderança…

Por Professor Meneguatti

Parece que o tsunami tecnológico acontecerá em quase todos os segmentos de mercado. Mais cedo ou mais tarde, algum tipo de inovação vai provocar a disrupção no segmento ou setor em que você atua. Um novo produto ou serviço desestabilizará os concorrentes que antes eram líderes. Leia Mais

Está se achando velho para começar um negócio?

Tipo de Liderança…

Por Professor Menegatti

Que tal conhecer um pouco da trajetória de pessoas de sucesso:

  • Amancio Ortega criou a Zara, mas até os 30 anos foi assistente em lojas de roupas.
  • J. K. Rowling, autora do Harry Potter, até os 31 anos vivia de pensão do governo quando lançou o primeiro livro.
  • Suze Orman, reconhecida guru de finanças, foi camareira até os 30 anos.
  • Mark Cuban, bilionário americano dono do time de basquete Dallas Mavericks, até os 25 anos trabalhou como barman em seu próprio bar. Leia Mais

Bagunça criativa…

Tipo de Liderança…

Professor Menegatti

Um estudo recente descobriu que dois terços das pessoas se sentem culpadas ou envergonhadas por serem desorganizadas. Apesar da pressão comercial, cultural e religiosa há um grupo crescente de pessoas que simplesmente não conseguem ser organizadas. Leia Mais

I Parte: Porque é importante conhecer o cliente

Tipo de Liderança…

Professor Meneguatti

No início dos anos 80 a Coca investia 100 milhões de dólares em propaganda e estava disponível em muito mais pontos que a Pepsi, mesmo assim possuía 12% de mercado contra 11% da rival.

A Pepsi começou a exibir co­merciais de TV por todo o país, colocando a Coca frente a frente com a Pepsi naquele que foi chamado de Desafio Pepsi. Usuários exclusivos de Leia Mais

À primeira impressão…

Tipo de Liderança…

Professor Meneguatti 

“Quando coloco o olho em alguém, eu sei exatamente com quem estou lidando. E olha que eu não erro!”

Nós costumamos analisar uma pessoa sempre que a conhecemos ou quando nos defrontamos com uma situação nova. Nós analisamos porque somos obrigados a fazê-lo, e aprendemos a ter confiança nesta habilidade.  Leia Mais