Sunday, 21/7/2024 | 6:34 UTC-3

Usa muito o celular? Se sim você pode estar com Síndrome Text Neck

O uso por muito tempo do celular pode trazer sérias consequências, uma delas é a Síndrome Pescoço de Texto

Muitas pessoas usam o celular o dia inteiro, segundo pesquisa o brasileiro passa em média cinco horas por dia digitando ou lendo celular. Esse hábito pode fazer com que a pessoa desenvolva uma nova doença da coluna vertebral enquanto lê e digita algo na tela ou fica com a cabeça flexionada para baixo e na direção do queixo ao mexer em dispositivos móveis.

Recente revisão da literatura levantou que a prevalência de cervicalgia pode variar de 17% a 68% entre os usuários de smartphones. Além disso, digitar mensagens ou textos no celular, principalmente, na posição sentada, é a condição que causa maior flexão e sobrecarga na região do pescoço.

Segundo Dr. Anderson Alves Dias, ortopedista e traumatologista, especializado em Coluna Vertebral, o aumento da flexão do pescoço durante o uso do dispositivo pode provocar alterações biomecânicas e sobrecarga na região cervical. “Foi baseado nessas informações que surgiu o termo ‘text neck’ ou ‘pescoço de texto'”.

Conforme o especialista a melhor posição para pa a leitura ou digitação no celular é “Quando a pessoa tem as orelhas alinhadas com o centro dos ombros, o peso da cabeça se encontra bem distribuído, sem causar excesso de pressão nas vértebras, nem nos músculos do pescoço podemos dizer que está com a postura correta”.

A cervicalgia (dor ou rigidez do pescoço) normalmente é o resultado do enfraquecimento dos músculos ao longo do tempo devido à má postura ou mau uso, começa a preocupar os ortopedistas devido a cada vez mais pessoas fazerem o uso de Smartphones por isso é preciso usar esses equipamentos com cautela.

Por Redação com informações de 3S Assessoria em Comunicação.

About

O site Falando de Gestão tem a missão de produzir conteúdo capaz de despertar Insights positivos nos leitores.

POST YOUR COMMENTS

Your email address will not be published. Required fields are marked *