Falando de Gestão

Neurobusiness: A neurociência pode ajudar seu negócio a crescer

Com base em estudos sobre o cérebro humano o neurobusiness auxilia na otimização dos processos da sua empresa

O cérebro é a principal ferramenta de um empreendedor, é através dele que decisões importantes para o futuro da empresa são tomadas e inovações são implementadas em um negócio, assim, entender como ele funciona é essencial para saber usá-lo da melhor forma, para, para isso existem um ramo da neurociência voltado especificamente para a compreensão do comportamento do cérebro no meio empresarial, o neurobusiness.

O que é o neurobusiness

O neurobusiness é um campo derivado da neurociência que compreende diversas outras áreas da ciência como neurogestion, neuroeconomia, neuromarketing, dentre outros.

Seu principal objetivo é entender como o cérebro funciona no meio empresarial e como usar a compreensão desses processos para melhorar a produtividade e assertividade do trabalho, auxiliando na otimização e crescimento do negócio.

O uso do neurobusiness por empresas tem se popularizado cada vez mais por estimular a criatividade e ajudar a implementar ações estratégicas na empresa.

Áreas da ciência que compõem o neurobusiness

O neurobusiness utiliza conhecimentos de diversas áreas para entender o cérebro no mundo dos negócios, é o que explica o estudo “Neurobusiness e sua aplicação como forma de otimizar o seu negócio“, liderado pelo PhD neurocientista Dr. Fabiano de Abreu Agrela, e publicado pela Revista Multidisciplinar de Ciência Latina.

De acordo com o estudo, algumas das áreas que compõem o neurobusiness são: Neuroeconomia, neurocontabilidade, neuromarketing, neurosales, neuromanagement e neuroliderança.

Conheça um pouco mais sobre elas:

Neuroeconomia

É um campo interdisciplinar que busca compreender o processo de tomada de decisões e entender seu funcionamento em situações de risco, preferências pessoais e o impacto de pressões externas nesse processo.

Neurocontabilidade

“Estuda o indivíduo, a tomada de decisões financeiras, como ele recebe informações contábeis e como você decide investi-las”, afirma o artigo.

Neuromarketing

Utiliza a neurociência para otimizar estratégias de marketing com base no entendimento do comportamento dos consumidores, podendo definir também os impactos emocionais do produto.

Neurosales

Busca entender como funciona o cérebro dos consumidores e como estimulá-los a comprar.

“As neurosales são um campo abrangente e complementar de neuromarketing. É possível mapear o comportamento dos potenciais clientes, descobrir quais produtos eles têm maior capacidade de venda, tendências e até mapear o perfil de cada candidato para vendedor”.

Neuromanagement

Consiste na utilização da neurociência na gestão de negócios e na compreensão do processo de tomada de decisões no ambiente organizacional.

Neuroliderança

Ramo da neurociência que busca auxiliar na gestão de pessoas através do uso de técnicas da neurociência, identificando métodos mais eficazes para um líder utilizar com sua equipe.

“É a aplicação de estudos neurocientíficos sobre comportamento de líderes, sua maneira de pensar, seu relacionamento com gestores, parceiros e concorrentes, e sua forma para tomar decisões sob pressão”.

“A neurociência veio para mostrar o caminho para o mundo executivo. Ele pode estimular o resultados usando o neurobusiness como fonte de conhecimento, criando novos técnicas e abordagens, delineando a tomada de decisões, apesar de toda a excitação, temos que ter em mente que este é um trabalho diário, não uma fonte de eventos milagrosos” ressalta o artigo.

Com base nos estudos sobre neurobusiness, o Dr. Fabiano de Abreu lançará um curso este ano com conceitos próprios para auxiliar empreendedores na aplicação do neurobusiness, o curso será lançado pela Logos University Internacional nos Estados Unidos e em parceria com universidades da américa latina também será produzido em português e espanhol no Brasil, Bolívia, Espanha e México.

“Realizei um estudo com base nos melhores artigos e acrescentei métodos próprios […] Para o curso não só foram acrescentadas e aprimoradas técnicas, como também todos os módulos do curso são baseados em artigos científicos publicados.” Acrescenta Dr. Fabiano.

 

Sobre o Prof. Dr. Fabiano de Abreu

Dr. Fabiano de Abreu Agrela, é um PhD em neurociências, mestre em psicologia, licenciado em biologia e história; também tecnólogo em antropologia com várias formações nacionais e internacionais em neurociências. É diretor do Centro de Pesquisas e Análises Heráclito (CPAH), Cientista no Hospital Universitário Martin Dockweiler, Chefe do Departamento de Ciências e Tecnologia da Logos University International, Membro ativo da Redilat – La Red de Investigadores Latino-americanos, do comitê científico da Ciência Latina, da Society for Neuroscience, maior sociedade de neurociências do mundo nos Estados Unidos e professor nas universidades; de medicina da UDABOL na Bolívia, Escuela Europea de Negócios na Espanha, FABIC do Brasil, investigador cientista na Universidad Santander de México e membro-sócio da APBE – Associação Portuguesa de Biologia Evolutiva.

Fonte:  MF Press Global

Foto: Divulgação / MF Press Global

 

About

A proposta do Site Falando de Gestão é criar um espaço para que os leitores possam ter a disposição um espaço de discussão e aprendizado sobre assuntos ligados a gestão, comportamento humano e inovação.

POST YOUR COMMENTS

Your email address will not be published. Required fields are marked *