Sunday, 21/7/2024 | 7:01 UTC-3

Pequenos e médios lojistas online faturam R$238 milhões nas vésperas da Black Friday

  • Faturamento dos pequenos e médios e-commerces aumentou 22% em outubro em relação ao mesmo mês de 2021  
  • Pix segue se destacando, representando 26% dos pedidos pagos em outubro; 
  • Os estados de Goiás e Santa Catarina se destacaram em relação à média de faturamento do país; 
  • Os dados referem-se à base da Nuvemshop, plataforma de e-commerce líder na América Latina.

São Paulo, 09 de novembro de 2022 — Nas vésperas da Black Friday, os pequenos e médios lojistas seguem aumentando suas vendas com o e-commerce. O faturamento no mês de outubro chegou a R$ 238 milhões, representando um crescimento de 22% em comparação ao mesmo período do ano passado (R$ 195 milhões). Cerca de 4,1 milhões de produtos foram vendidos e o ticket médio chegou a R$253,14. Os dados são da Nuvemshop, plataforma de e-commerce líder na América Latina com mais de 100 mil lojas cadastradas.

“O resultado das vendas em outubro é um reflexo da preparação dos lojistas para a Black Friday, principalmente para as PMEs regionais. A fim de não concorrer com os grandes varejistas é estratégico e, inclusive recomendado, que os pequenos e médios façam um aquecimento pré-Black Friday”, afirma Luiz Natal, gerente de E-commerce e Desenvolvimento de Plataforma da Nuvemshop. “Neste ano, muitos lojistas estão adiantando ações, e 18% programaram promoções para todo o mês de novembro, segundo a pesquisa ‘Aquecimento Black Friday’, realizada pela Nuvemshop”.

No mês de outubro de 2022, o ranking dos Estados que mais faturaram no país foi composto por: São Paulo (R$ 116,5 milhões), Minas Gerais (R$ 25,2 milhões) e Rio de Janeiro (R$ 17,2 milhões). Entretanto, Goiás e Santa Catarina tiveram um crescimento percentual de faturamento acima da média nacional, com 68% e 37% respectivamente.

Os dados ainda mostram que o Pix segue em crescimento. Em outubro de 2021, a solução correspondeu a apenas 8% dos pagamentos, enquanto no mesmo período deste ano chegou a 26% (aumento de 225% na participação). No entanto, o cartão de crédito continua sendo o meio de pagamento mais escolhido pelos consumidores, representando 52% dos pedidos.

Entre os segmentos de maior destaque, Moda liderou as vendas no mês, chegando a R$89,2 milhões; seguido por Saúde & Beleza, com R$18,6 milhões, e Acessórios, com R$17,5 milhões.

Na análise, foram consideradas as vendas realizadas no mês de outubro de 2021 e 2022, com base nos mais de 100 mil lojistas da Nuvemshop.

Sobre a Nuvemshop:

A Nuvemshop é a plataforma de e-commerce líder na América Latina e tem o compromisso de potencializar e motivar todos os empreendedores a transformarem seus sonhos em histórias que transcendam. Com mais de 100 mil lojas, integra produtos, pagamentos, envios e disponibiliza de um ecossistema com mais de 1.000 parceiros, como Facebook, Instagram, marketplaces e lojas físicas. Atualmente, a companhia tem mais de 1.000 colaboradores e escritórios no Brasil, México e Argentina. Em 2021, a empresa se tornou unicórnio no Brasil e adquiriu o Ecommerce na Prática, maior escola e comunidade de e-commerce do mundo; e a Mandaê, plataforma de logística. Neste ano, consolidou novas unidades de negócios: Nuvemshop Next, focada em lojistas que faturam acima de 100 mil reais mensais e que buscam escalar seus negócios rapidamente; Nuvem Pago, meio de pagamento para PMEs do e-commerce; e Nuvem Pay, solução de checkout que facilita a jornada de compras.

 

Atendimento à imprensa | JeffreyGroup

About

O site Falando de Gestão tem a missão de produzir conteúdo capaz de despertar Insights positivos nos leitores.

POST YOUR COMMENTS

Your email address will not be published. Required fields are marked *