Como executar um processo seletivo assertivo

“Caso a intenção seja a de obter mais informações durante a entrevista, é melhor manter um tom de conversa e não de interrogatório”, aconselha Allisson Souza

0acurriculo1

O processo de recrutamento em uma empresa é estratégico, porque garante que a escolha de colaboradores seja mais acertada. Efetivamente, a composição da equipe é o que viabiliza os resultados da organização e evita prejuízos com funções não cumpridas e a necessidade de uma nova seleção.

De acordo com Allisson Souza, CEO da Ablerstartup criada por profissionais das áreas de Recursos Humanos e Tecnologia com o objetivo de conectar empresas e candidatos de forma ágil e prática, vale a pena adotar alguns cuidados para otimizar a etapa. “Trata-se de um ótimo caminho para ganhar tempo e selecionar apenas as pessoas que ofereçam boas contribuições para a empresa”, ressalta.

Para ajudar, Allisson e Taísa Batista, também fundadora da Abler, reuniram quatro formas de melhorar o R&S.

  1. Tenha clareza dos requisitos para a vaga

Para encontrar o funcionário ideal, é imprescindível conhecer bem a vaga ofertada, as funções e as responsabilidades. Dessa maneira, é possível traçar o perfil para preenchê-la e adotar critérios mais coerentes com as habilidades necessárias para o cargo. “Assim, você fará um anúncio mais objetivo e evitará candidaturas de pessoas que não se enquadram. Para otimizar o processo, certifique-se de incluir todas as informações ao divulgar a vaga e de selecionar os canais adequados ao público que você pretende alcançar”, aconselha o CEO da Abler.

  1. Humanize o processo de recrutamento

Durante o trabalho de recrutamento, é importante manter o respeito e a cordialidade com todas as pessoas, mostrando uma postura solícita. Com efeito, a humanização mostra os valores da sua empresa e desperta o interesse das pessoas que podem enriquecer a equipe. “Do mesmo modo, isso impacta na etapa de seleção, afinal, para conhecer melhor os candidatos, deixá-los à vontade faz com que demonstrem as suas características. Assim, o entrevistador terá mais insumos para analisar a compatibilidade”, destaca Taísa Batista, também fundadora da Abler.

Portanto, se a intenção é obter mais informações durante a entrevista, é melhor manter um tom de conversa e não de interrogatório. O mesmo vale para etapas em grupo, caso essa seja uma escolha da empresa.

  1. Invista em ferramentas que organizam o processo de recrutamento

Encontrar novos talentos é algo que demanda tempo e muito esforço da equipe de RH. “Por isso, ter ferramentas que otimizam esse trabalho é fundamental para ajudar a filtrar as pessoas e só direcionar para o atendimento humano aqueles que realmente preenchem os requisitos”, pontua Taísa. Uma boa alternativa é ter um software específico que permita:

  • Padronizar as etapas;
  • Armazenar os dados organizadamente;
  • Personalizar o recrutamento;
  • Divulgar as vagas nos melhores canais.

“Como resultado, a seleção fica mais precisa e o RH ganha tempo para se dedicar a outras atividades essenciais”, enfatiza Taísa.

  1. Observe as características comportamentais

Aliás, você sabia que desde o recrutamento é possível conhecer as características comportamentais dos candidatos? Alguns pequenos testes revelam padrões nas respostas que indicam o perfil.

No entanto, vale reforçar que isso precisa ser feito com respeito e sem expor o talento a constrangimentos. Na candidatura, é possível acrescentar perguntas simples e objetivas que proporcionam boas informações.

Em suma, o processo de recrutamento é uma importante etapa para montar a equipe de uma empresa e deve ser realizado de maneira cuidadosa.

Sobre a Abler

Por quase dez anos, os fundadores atuaram no setor de recursos humanos. Essa bagagem trouxe experiências, vivências e principalmente, um olhar tecnológico sobre as dores do setor. No ano de 2016, a inconformidade com as necessidades da área de RH os impulsionou a iniciar a criação da Abler, desenhando um software de recrutamento e seleção olhando para as maiores dores da área.  Nestes quatro anos, a Abler já conquistou mais de 250 clientes por todo o Brasil e mais de 33 mil vagas já foram fechadas através da plataforma, conquistando um tempo médio de 7 dias para o fechamento de vagas. Hoje, o software disponibiliza um banco de talentos mais completo, sendo mais de 2,5 milhões de profissionais cadastrados. Para saber mais, acesse www.abler.com.br 

Sobre Thaisa Batista

Graduada em Administração pela UFPR – Universidade Federal do Paraná, possui MBA em Gestão Empresarial pela UTFPR – Universidade Tecnológica Federal do Paraná e atua no planejamento, controle e gestão de equipes em projetos e processos de Recrutamento e Seleção há oito anos.  Curiosa por soluções que pudessem otimizar a produtividade de selecionadores e melhorar a experiência de candidatos, fundou a Abler para ajudar a desenvolver o mercado de R&S, trazendo agilidade e efetividade nos processos seletivos.

Sobre Alisson Souza

Apaixonado por inovação, negócios digitais e R&S, Allisson trabalha há 15 anos no mercado de Tecnologia, sendo os oito últimos no mercado de Recrutamento e Seleção, quando exerceu o cargo de gestor de Tecnologia da Informação em uma das maiores consultorias de Recrutamento e Seleção do Brasil. É pós-graduado em Startups e Future Management pela HSM University. No final de 2017 cofundou a Abler, plataforma para Recrutamento e Seleção (SaaS – ATS) 100% focada no aumento de produtividade e consequentemente na redução do tempo de fechamento das vagas. Neste negócio já auxiliou mais de 300 clientes a fechar 35 mil vagas na média, em oito dias.

 

 

Comments are closed.