Sobrevivência de empresa depende também do controle sobre o fluxo de caixa

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O sucesso de um negócio depende de muitos fatores, entre eles, o controle sobre o fluxo de caixa. O termo comum no empreendedorismo nada mais é do que o movimento de entrada e saída do dinheiro de uma empresa. Caso não haja uma visão transparente sobre essa situação, já é possível imaginar o que se acontecer: falência.

Mesmo se tratando de um conceito básico na administração de um negócio, ainda assim alguns empreendedores não tem essa, digamos, disciplina, pelo menos não de forma tão assertiva – principalmente os “pequenos”. Deixando de visualizar, por exemplo, uma previsão exata do saldo da caixa do mês seguinte; situação que impede muitos de crescer.

Apesar de o controle manual ainda existir, gerando sobrevivência aos cadernos de anotações e planilhas criadas no computador, a tecnologia vem quebrando essa barreira e proporcionando ao mercado possibilidades de desenvolvimento e lucratividade ao otimizar os processos e impulsionar assim, a competitividade do negócio.

Tecnologia impulsiona crescimento das empresas

São inúmeros os programas desenvolvidos para respaldar o empreendedor nesse momento. O Virtuozo é um deles. O programa foi criado para auxiliar na gestão financeira e, para isso, oferece recursos de gerenciamento para controlar, por exemplo, as contas a pagar, contas a receber, emissão de boletos bancários, especificamente o fluxo de caixa, entre muitos outros. Todos organizados em tabelas e gráficos de fácil compreensão. E para reforçar ainda mais essa frente, o programa investe constantemente em recursos e melhorias para o seu usuário. Recentemente a marca inseriu uma nova ferramenta; o PDV – Ponto de Venda.

O recurso auxilia na organização do caixa de qualquer tipo de negócio. Além de ler o código de barras, ele também mostra informações sobre os produtos e valores ali na telinha do computador. “A ferramenta cadastra todos os produtos, lê o código de barra, informa o troco exato a ser dado ao cliente, o preço de um produto de forma individual ou em conjunto, a quantidade de dinheiro que entrou no caixa naquele dia e a quantia que saiu”, explica Gabriel Cantarin, gerente comercial da Gigatron Franchising (franquia especializada em software para gestão desenvolvedora do Virtuozo).

Gabriel conta que o processo é muito útil porque agiliza e resolve de forma rápida e fácil, situações que são importantes para o processo da venda em si, no dia a dia. Como exemplo, ele cita as seguintes situações. “O vendedor não precisa ler 12 latinhas de cerveja, ele lê uma e coloca a quantidade de itens que o cliente comprou – a ferramenta faz toda a conta automaticamente. Outro exemplo é em relação ao desconto, caso o dono de uma mercearia esteja fazendo uma promoção, na qual, ao comprar três produtos o cliente ganha 10% de desconto, ao fechar o caixa, a ferramenta mostrará exatamente que o valor da venda foi aquele porque houve um desconto. O programa dá pra ele uma visão detalhada de tudo o que aconteceu no dia”, evidencia.

Controle do dinheiro

E claro, manter controle sobre as transações financeiras é conceito básico de contabilidade que todo negócio deve seguir. Por isso, houve um cuidado especial por parte dos idealizadores do PDV para que essa vertente fosse atendida com total precisão.

Assim, o PDV do Virtuozo informa como foi realizada a venda (se foi no cartão de crédito, cheque ou dinheiro), quanto de dinheiro havia no caixa assim que o negócio começou a funcionar, quanto que estava na gaveta registradora pra voltar o troco, o quanto de dinheiro entrou e a quantia exata que saiu do dia. Ou seja, assim o empresário consegue ter uma visão clara do que aconteceu, se há desfalque ou se está redondo. “Tudo fica registrado nas vendas, ele sabe exatamente o que foi vendido, quem vendeu e como vendeu”, explicou.

Sistema de gestão financeira para todos

As vantagens do uso de um sistema de gestão financeira são inúmeras e podem ajudar um negócio independe do seu tamanho, como as MEI’s e PME’s. A solução tecnológica, não apenas moderniza, como otimiza tempo e evita chances de erros – principalmente contábeis.

E falando em erros, essa situação obviamente evita o desperdício de recursos financeiros. Dessa forma, é possível evitar a falta de capital de giro e ainda utilizar recursos, caso existam disponibilidades excedentes, de forma alternativa, buscando sempre as melhores opções para a organização.

Veja alguns exemplos do que um software de gestão pode fazer por uma empresa: Permite gerenciar as entradas saídasidentificar quem são os clientes; época de maior e menor saída de produtos e serviçosprojeções com o fluxo de caixa, possibilitando uma visão do futuro do negócio; registros históricos de movimentação da empresa“O sistema proporciona ainda, segurança e confiabilidade às informações, além de tornar as rotinas empresariais mais simples, oferecendo tranquilidade maior ao gestor para que possa se concentrar em outras demandas”, finaliza Gabriel.

Gigatron Franchising

Nascida em 1998, na cidade de Birigui, interior de São Paulo, a Gigatron Franchising se destaca pela inovação e qualidade de seus produtos e serviços dentro da área de Tecnologia da Informação, especialmente ao que se refere a softwares. Com o uso de uma metodologia própria, a empresa é considerada uma das maiores fabricantes de software CAD para calçados do mundo. O crescente desenvolvimento do negócio e a propagação de um serviço inovador criado pela empresa – o Software de Gestão Giga ERP – impulsionou a entrada da marca no franchising em 2012. Atualmente, a rede possui 73 unidades distribuídas pelo Brasil. www.gigatron.com.br

Fonte:Fatos&Ideias Comunicação

Comments are closed.