O senhor do tempo

Ivan Postigo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tudo tem seu tempo. Conhece essa frase?

O apressado come cru e frio.

O apressado come a manga ainda verde!

Bom, não é necessário ter muita imaginação para que você crie a sua própria frase, concorda?

É verdade que algumas coisas parecem ter a hora certa, porque nos falta conhecimento, às vezes maturidade, e outras recursos.

Sendo assim, como poderia ser o homem um agente transformador e mudar o seu futuro, se só pode fazer algo com o que tem e o que sabe?

Esse é um dos segredos mais bem guardados na história da evolução do ser humano. Fica escondido e é tão difícil e ser encontrado que os mágicos o usam em seus truques.

Está embaixo do nosso nariz!

Já tentou enxergar algo embaixo do seu nariz?

Diz um a amigo que enxergar algo embaixo do nariz, sem ajuda de um espelho, é como morder o próprio cotovelo: impossível!

Na vida precisamos de espelhos, que reflitam nossos desejos e possam ser vistos, entendidos, aceitos e compartilhados com e por outras pessoas.

Essa difusão gera cooperação, que faz com que carências sejam atendidas.

Isso tem permitido o avanço do mundo sem fronteiras, favorecendo a competição com cooperação.

Hoje é possível fabricar qualquer coisa, em qualquer parte do mundo, mesmo que ali, num primeiro momento, os recursos não estejam disponíveis. Um grande exemplo disso são as cidades construídas no deserto.

O homem, quando sábio, se torna “o senhor do tempo”!

A evolução tecnológica nos últimos cinquenta anos nos dá provas concretas desse fato.

A aviação, o telegrafo, o telefone já haviam mudado o panorama da integração mundial. A internet, então, assustadoramente, não é o fechamento do ciclo, mas apenas o escancaramento do portão do futuro!

Afinal, quem é capaz de nos dizer o que há por vir?

É verdade que o mundo dos Jetsons não se concretizou, mas o que podemos dizer do Star Trek?

Temos avançado a passos largos, principalmente nesta última década, para um mundo além da imaginação. Certamente, Star Trek (Jornada nas Estrelas) é um termo bem adequado.

Quem poderia imaginar um telefone que fizesse quase tudo, e a menor de suas utilidades fosse ligações? Estão ai os celulares, como provas concretas.

O poder de alguns homens nos leva a refletir se este faz a moda ou a moda faz o homem, pelo poder de condução da massa.

Gostamos de aderir às ideias, tendências, ondas. Portanto, maior poder terá aquele que for capaz de atender e gerar desejos.

Atender e gerar desejos são competências distintas e poderes de percepção diferentes. Enquanto um olha para o passado e presente, o outro olha para o futuro.

Pense: qual desejo futurista você gostaria que fosse atendido?

O que no futuro você poderia desejar que hoje sequer imagina? Tente fazer uma projeção! Brinque um pouco com a ficção…

É importante lembrar que os televisores e os carros um dia foram criticados e rejeitados por pessoas que se consideravam visionárias!

O exercício mental, o entendimento do que somos e poderemos vir a ser, a aplicação do nosso poder de transformação, certamente nos coloca em condições extremamente favoráveis para sermos “os senhores do tempo”.

Ainda que, às vezes, nosso estado de ânimo, nos faça ter vontade de viajar à velocidade da luz, e outras vezes nosso desejo é de ter apenas uma árvore para retornar à vida de macacos!

Ivan Postigo

Economista, Bacharel em contabilidade, pós-graduado em controladoria pela USP

Autor do livro: Por que não? Técnicas para estruturação de carreira na área de vendas

Postigo Consultoria de Gestão Empresarial

Fones (11) 4496 9660 / (11) 99645 4652

ipostigo@terra.com.br

Twitter: @ivanpostigo

Skype: ivan.postigo

Blog http://gestaodealtoimpacto.blogspot.com.br/

Blog http://benditobemfeito.blogspot.com.br/

Pinterest https://br.pinterest.com/dasilva5548/

Comments are closed.