O Futuro chegou? Todos estão preparados?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

É preciso educar as pessoas para a vida digital  que estará cada vez mais presentes na economia pós corona vírus.

Por Pedro Paulo Morales

Estamos vivendo tempos de muitas mudanças, alguns dizem que estamos evoluindo 20 anos em 20 dias. Estamos em home office, serviços delivery, compras online, teleconferências, um tempo de transformação digital.

Será que realmente estamos preparados para a transformação digital? Pelo que vimos nos últimos dias com pessoas se aglomerando em filas no banco para poder pagar uma conta bancária, ajuda solidária para fazer cadastro de pessoas para receber auxílio emergencial ou simplesmente enviar uma imagem de WhatsApp, fico preocupado. São milhões de pessoas que estão com dificuldade de acesso, documento ou dificuldade para usar aplicativos.

A palavra crise tem sua origem no latim e que dizer algo como “momento de decisão, de mudança súbita,’ e o inesperado é o que está acontecendo neste momento.

Segundo um estudo de um grupo de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) cerca de 55 % dos trabalhadores em serviços não essenciais correm o risco de perder o emprego por conta da paralisia da economia. Pessoas que trabalham em lojas, bares, restaurantes, recepcionistas e até escritórios estão ameaçadas de perderem sus empregos por conta da crise.

É preciso proteger as partes mais vulneráveis da cadeia produtiva como empregados micros, pequenas e médias empresas para que não haja uma concentração de fornecedores e grandes empresas que tem mais chance de responder mais rapidamente a crise tanto do aspecto de transformação digital e disponibilidade de capital.

Isso vai acontecer se o governo e empresas não compreenderem que é preciso investir em educação digital , ensinar as pessoas a utilizarem tecnologias , disponibilizar um rede de internet transmitida através dos fios de energia elétrica, conhecida também como BPL – Broadband over Power Lines,  esta tecnologia já existe há mais de 4 anos na Europa, sendo recentemente comercializada na Alemanha e na Suécia. Por esta tecnologia é possível transformar todas as tomadas da casa em pontos de conexão e assim as pessoas poderão trabalhar de casa, assistir aulas, se divertirem, comprar, investir fazendo assim rodar a economia.

Para isso é preciso investimento por parte de governo e empresas para educar essas pessoas para a vida digital que estará cada vez mais presentes na economia pós corona vírus.

A abertura da economia não será a solução mágica pregada por alguns políticos e empresários pois estamos diante de quebras de paradigmas e construção de novos valores, as pessoas, o mundo evoluindo muito rápido, é hora de a sociedade cobrar do governo ações, como “ensinar a pescar o próprio peixe” que protejam e incluam as pessoa mais vulneráveis  para que como Paulo Guedes disse “Nenhum brasileiro será deixado para trás”.

Vamos refletir sobre isso e sucesso!

Pedro Paulo Galindo Morales é Graduado em Gestão, Especialista em Controladoria, MBA em Gestão Estratégica de Pessoas e Técnico em Contabilidade. Atua também como Editor do Blog Falando de Gestão e Professor EAD www.falandodegestao.com.br , pedropaulomorales@yahoo.com.br

Comments are closed.