O amor nas empresas

Pedro Paulo Morales
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Será que é possível sentir amor por uma empresa? Como podemos definir o que é sentimento de amor por uma empresa? São perguntas difíceis de responder e mais difícil ainda é alguém entender caso a resposta seja positiva.

                O amor existente em uma empresa não é aquele que conhecemos entre uma mãe e um filho, entre um homem e uma mulher ou até mesmo entre família ou amigos. O amor existente em uma empresa não é nada parecido com esses sentimentos, mas muito se aproxima do amor ensinado a mais de dois mil anos atrás por aquele que foi e continua sendo o maior líder que já existiu: Jesus Cristo.

                Jesus ensinou a humanidade a amar o próximo como a ti mesmo e ensinou também que é bom perdoar, mesmo que alguma pessoa lhe faça mal ou não entenda nosso jeito de pensar ou agir.

                As empresas são constituídas para obter lucro e cumprir seus objetivos e é claro que toda a estratégia empresarial de uma empresa é voltada para atingir esse alvo ou seja o lucro.

                Infelizmente as empresas priorizam os treinamentos técnicos aqueles que se destinam a desenvolver as competências técnicas, muitas vezes esses treinamentos despertam um ambiente de competitividade entre os funcionários da empresa e esse ambiente competitivo é que faz com que muitas vezes as coisas não mudem nas empresas pois as pessoas se tornam egoístas onde somente o que importa é suas metas pessoais.

                  Seria bom que as empresas incluíssem em seus treinamentos um pouco de conteúdo espiritual que despertassem entre os funcionários sentimentos de amor ao próximo, compreensão, tolerância, humildade, paciência, aprendessem ouvir mais o próximo e principalmente respeitar o que a pessoas são e pensam.

                O amor nas empresas é possível e creio que se as empresas incentivarem os comportamentos acima, baseados no amor ensinado por Jesus Cristo, possam chegar ao lucro saudável. Com atitudes e comportamentos certos as pessoas se tornaram mais felizes e trabalharão com maior produtividade, fazendo suas atividades com mais amor e respeito e serão capazes de gerar um lucro saudável.

Quando existir respeito e amor nas empresas, essas vão se tornar um ambiente melhor e poderão ser tratadas com amor pois elas são conhecidas também como pessoas jurídicas e como todas pessoas elas também podem ser tratadas com amor.

                Ficou com dúvidas? As empresas são formadas por pessoas?

                Vamos refletir sobre isso e sucesso!

Pedro Paulo Galindo Morales é Graduado em Gestão, Pós-Graduado em Controladoria e Técnico em Contabilidade. Atua também como Coordenador de conteúdo do Blog Falando de Gestão   www.pedropaulomorales.com, pedropaulomorales@yahoo.com.br

texto aqui

Comments are closed.