Gestão: Diferença entre políticas e programas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Saiba diferenciar e quando utilizar as expressões Política e Programa

Conteúdo e ideias para uma gestão melhor (2)Quantas vezes ouvimos falar em Política de Vendas, de Compras ou Programa de Desligamento Voluntário ou programa de lançamento de novos produtos

Muitas pessoas que não estão habituadas com o mundo corporativo confundem os termos política e programas e chegam a ficar confusas.

Pensando em esclarecer essa terminologia tão empregada no mundo corporativo vamos agora mostrar a diferença quando devem ser usadas essas duas expressões.

Política

Essa expressão é usada quando é preciso definir um conjunto de medidas a serem tomadas caso aconteça um determinado evento relacionado a determinado fato dentro de uma empresa. Geralmente esse fato é incerto, ou seja, uma “decisão condicionada” como escreve Ansoff apud (Sanvicente e Santos,2006) – se sabe o que fazer, mas não o momento certo de agir. Exemplificando pode ser um polícia de vendas por exemplo que condicione um desconto mediante um volume de vendas a situação de mercado.

Programa

A expressão Programa é utilizada quando se tem a certeza de que um evento vai ocorrer mas não é possível saber seus resultados. Geralmente a expressão é usada para se referir a uma série de passos ou orientações que devem ser seguidas para executar determinadas operações predefinidas pela empresa. Como exemplo podemos citar .um programa de manutenção preventiva em máquinas onde existe toda uma documentação com dadas em que a manutenção deve ocorrer, peças que devem ser trocadas entre outras providencias.

Agora que você já sabe diferenciar qual a diferença entre políticas e programas lembre-se que a expressão política é usada para orientar, uma situação não prevista, ocorrida sobre uma determinada condição e a expressão programa é usada para orientar uma situação prevista porem ambas tem o caráter de orientar as ações.

Referencial Teórico: Sanvicente, Antonio Zoratto ; Santos,  Celso da Costa – Orçamento na Administração de Empresas – Editora Atlas ,São Paulo – 2006.

Escrito por Professor Pedro Paulo Morales

Comments are closed.