Gestão da Qualidade – do Modelo Japonês à Série ISO 9000 Parte 3: Controle da Qualidade

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Por José Alberto de Castro

Alberto_Foto_Curriculo2

Segundo os princípios do TQC, qualidade é mudança de cultura e por isso, para se implantar um programa de gestão da qualidade é necessário:

  • Tempo para se conduzir as mudanças;
  • Liderança para trabalhar e conduzir estas mudanças no ambiente da empresa;
  • Participação de todas as pessoas da empresa, da alta direção ao operacional;
  • Comunicação efetiva e amplamente difundida na empresa, a liderança deve dar feedback sobre o desenvolvimento e resultados do programa de gestão da qualidade.

De outra forma há um princípio da administração, segundo o qual só se gerencia e, portanto, tem-se gestão sobre aquilo que se conhece.

Para se ‘gerenciar’, na cultura do TQC, a empresa com base em fatos e dados, deve conhecer e estar consciente:

  • das necessidades das pessoas, da eficácia de seus sistemas produtivo e administrativo;
  • da capacidade de que seus produtos e serviços em atenderem as expectativas dos clientes;
  • do quanto a empresa está preparada para caminhar para a melhoria contínua dos seus processos, produtos e funcionários.

Para se ‘conhecer’, a empresa necessita de dados e informações, que são obtidos através de monitoramento de processos via medições planejadas e com seus resultados analisados e avaliados tendo por base valores preestabelecidos com base em práticas exitosas. Isto na cultura do TQC é exercer o controle da qualidade.

Para realizar o controle da qualidade a empresa necessita ter:

  • Um plano de desenvolvimento dos seus processos;
  • Um plano de ação para as atividades do dia-a-dia ou de rotina;
  • Um plano de objetivos e metas a serem obtidos ao longo do desenvolvimento dos processos;
  • Um plano de capacitação e desenvolvimento das pessoas que atuam nos processos;
  • Uma base teórica e documentada do que fazer, como fazer, por que fazer, quando fazer e onde fazer;
  • Um guia documentado de como agir e quem deve agir quando ocorrer um problema em algum processo.

O controle da qualidade tem por objetivo planejar, manter e melhorar a qualidade requerida pelos clientes.

No ciclo de planejamento, a empresa necessita conhecer os requisitos de qualidade do cliente, transformar estes requisitos em parâmetros mensuráveis de forma a implementar ou adaptar seus processos para obter produtos e serviços que atendam aos requisitos dos clientes e assim garantam a sua sobrevivência.

No ciclo de manutenção, a empresa deve desenvolver e cumprir padrões na execução dos processos, monitorar os processos e avaliar seus resultados e agir para controlar os desvios.

No ciclo de melhoria, a empresa deve trabalhar as não conformidades via métodos de solução de problemas para eliminá-las e atuar na implementação de ações que garantam a melhoria contínua da qualidade.

No atendimento a estes três objetivos e para garantia da obtenção das dimensões da qualidade, trabalharemos nos próximos dias os elementos de gestão da qualidade, segundo os princípios do TQC:

  • Itens de Verificação;
  • Ferramentas de Controle da Qualidade;
  • Métodos de Solução de Problemas; e
  • Padronização.

Leia Também: Gestão da Qualidade – do Modelo Japonês à Série ISO 9000

Gestão da Qualidade – do Modelo Japonês à Série ISO 9000 Parte 2:      Conceitos Básicos do TQC

 

texto aqui

Comments are closed.