Franquias home office continuam crescendo no Brasil

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mesmo com a economia instável, o segmento de franquias continua positivo. Uma das modalidades que tiveram bom desempenho foi o home office que cresceu de 4,9% para 6,7%

O franchising cresceu 7% no 1º trimestre em comparação ao mesmo período de 2018, segundo o levantamento recém divulgado pela ABF – Associação Brasileira de Franchising. O faturamento do setor passou de R$ 38,8 bi para R$ 41,5 bi, com alta de 7,5%, no acumulado em 12 meses até março. Ainda de acordo com a ABF, a participação de franquias home based ou home office também tiveram crescimento de 4,9% em 2018, para 6,7% em 2019.

O empresário Guylherme Ribeiro, criador da Suporte Smart, tinha um modelo de loja física e,  por conta da mobilidade nos grandes centros urbanos, decidiu se diferenciar das demais empresas e lançar em 2019 um novo modelo de franquia, que é o primeiro delivery de conserto de celular. Nesses primeiros 5 meses ele conquistou 160 microfranqueados, já operando em todos os estados do Brasil. A ideia é fechar o ano com 450 franquias delivery, atingindo faturamento de R$ 7 milhões. O modelo delivery tem investimento inicial abaixo dos 6 mil reais. O franqueado recebe uma maleta com as ferramentas necessárias e um estoque inicial de peças para fazer os reparos em sua própria casa ou na do cliente.

Já a rede Mr. Kids, é pioneira no mercado de vending machines com produtos voltados para o público infantil, e aposta em pontos pré-negociados em shoppings, mercados e grandes comércios para  crescer pelo Brasil, mirando no micro empreendedor que quer ter o próprio negócio e administrar a franquia da própria casa.  O modelo de negócios, com investimento inicial a partir de R$ 18.700 já é um sucesso em regiões como São Paulo e Rio de Janeiro, e está em expansão para outros estados como Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Bahia e Pernambuco.

Outra modalidade de operação que requer baixo investimento e entrou nas estatísticas divulgadas pela ABF é a The Kids Club, rede de escolas de inglês para crianças a partir dos 18 meses, que vem fortalecendo sua presença no segmento de educação com o modelo de franquia home-based. Com um investimento inicial a partir de R$ 12.500, a rede está presente no mercado há 25 anos e já conta com mais de 70 franqueados espalhados pelo Brasil. O Brechó Agora é Meu,  primeira rede especializada em roupas e artigos de luxo em 2ª mão, também inovou ao lançar a Brechó Bag, um modelo que oferece ao franqueado uma mala personalizada, já estoque inicial, pelo valor de R$ 5.900,00. O empreendedor pode fazer a venda em locais parceiros, como, por exemplo, salões de beleza, em eventos ou porta a porta.

Na rede Mr Fit, rede de fast food de alimentação saudável, com R$ 12 mil já é possível investir numa microfranquia, que oferece um freezer adesivado, material de comunicação e ajuda com redes sociais. Se o franqueado dispor de um pouco mais, com R$ 40 mil, é capaz de montar uma cozinha industrial dentro de casa e passa a fazer, ele mesmo, os pratos para serem vendidos por meio de delivery.

 

texto aqui

Comments are closed.