Fluxo de Caixa: entendendo essa ferramenta

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Moedas, Calculadora, Orçamento

Nestes tempos de Covid-19 onde micros, pequenas, médias empresas e empreendedores individuais precisam manter suas finanças em dia para sobreviver à crise que que o Brasil atravessara após o abrandamento desta pandemia é necessário a utilização de uma ferramenta muito conhecida: O Fluxo de Caixa.

Entendendo o Fluxo de Caixa

O Fluxo de Caixa nada mais é que o encontro de contas a pagar e a receber da empresa referente um determinado período. Esse pode ser diário, semanal ou mensal. Para que esse planejamento seja eficiente é preciso respeitar alguns princípios.

Prevendo as entradas

O primeiro passo é prever as entradas de valores no caixa da empresa. Veja abaixo alguns de entradas que devem ser considerados no fluxo de caixa.

  • vendas à vista;
  • recebimento vendas a prazo;
  • rendas de aluguéis;
  • financiamento e empréstimos;
  • capital de novos sócios ou acionistas.

Prevendo as Saídas

Em seguida é necessário prever também as saídas referentes aos valores que serão desembolsados pela empresa ou microempreendedor para a manutenção de seu negócio.

Esses desembolsos dividem-se em duas categorias, os desembolsos fixos e os desembolsos variáveis. Os desembolsos fixos são aqueles que a empresa tem para manter o seu negócio funcionando mesmo se não houver venda, como aluguel, folha de pagamento, água e luz do escritório. São que tem que ser pagos quer a empresa venda ou não.

Quando os desembolsos variáveis são aqueles que a empresa tem que pagar relacionado com o volume de operação de um determinado período. Veja abaixo alguns tipos de desembolsos que devem ser considerados no fluxo de caixa.

  • Pagamento de compras e serviços (fornecedores);
  • folha de pagamento;
  • despesas operacionais;
  • impostos;
  • Pagamento de empréstimos e amortizações

O encontro entre entradas e saídas.

O encontro entre os valores de entrada e saídas é que irá gerar o fluxo de caixa.  No caso desse encontro for negativo (déficit) precisaremos recorrer a um empréstimo bancário ou até mesmo a venda de algum ativo para fazer com que ele fique positivo.

Caso esse resultado entre o encontro de contas for positivo (superávit) devemos aplicar esse dinheiro no mercado financeiro com a finalidade de usar o saldo disponível quando fluxo de caixa estiver negativo (entradas menores que as saídas) ou utilizá-lo para investir na expansão do negócio.

Fluxo de caixa

As vantagens do Fluxo de Caixa

O Fluxo de Caixa é uma ferramenta traz muitas vantagens para o microempreendedor individual, pequenos médios empresários pois utilizando essa ferramenta é possível prever quando o negócio vai precisar de dinheiro e quanto ele está dando de lucro.

Entender o fluxo de caixa, sabendo interpretar demonstrativos de fluxos de caixa capazes de analisar as entradas e saídas de valores de seu negócio pode ser a diferença entre sucesso ou fracasso de seus negócios.

Comments are closed.