Entrar em uma companhia achando que sabe tudo é um dos piores erros da geração Y

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

TarsiaOs piores erros que podem ser cometidos no início de carreira são praticamente infinitos. Pegue tudo de positivo que se extrai de uma primeira experiência profissional e inverta: pronto, lá estão todos eles. A boa notícia é que dá para se preparar para não os cometer e, para isso, é só preciso um pouco de humildade.

Fonte: Tarsia Gonzalez

Quando falamos em estagiários e trainees, jovens que estão entrando agora no mundo corporativo, na grande maioria das vezes estamos lidando com uma geração Y. Jovens cheios de sede de conhecimento, mas que buscam normalmente um crescimento veloz,

influenciados pelo mundo digital, por meio do qual seus desejos e curiosidades são realizados quase que imediatamente. Dessa forma, iniciam suas carreiras sem se atentar a detalhes primordiais que podem, sim, causar prejuízos em sua trajetória profissional.

Criam antecipadamente expectativas fora da realidade, muitas vezes entram em uma companhia sem a paciência e maturidade necessárias, prejudicando seu o sucesso dentro do mundo empresarial e ainda provocando rupturas na própria empresa e nos times dos quais venham a fazer parte.

Para evitar, sugiro atenção aos seguintes pontos:

Não entre achando que sabe tudo!

Tenha em mente que uma carreira leva tempo para ser construída. Seja humilde e aceite conselhos, ninguém nasce sabendo.

Não negligencie a experiência de quem já está na empresa.

Respeito à hierarquia é fundamental. As pessoas que já estão na empresa têm uma vivência maior do que a sua, criar uma relação de respeito com seu gestor é parte importante do processo de crescimento.

Saiba que angariar conhecimento real leva tempo.

Tenha paciência, na prática, as coisas são sempre mais complicadas, há muitos detalhes e pessoas envolvidas, dê tempo a si mesmo para entender os processos.

Hierarquia e regras foram feitas para serem respeitadas, sim.

A geração Y vem de uma escola diferente, que tem muito cuidado com a forma como trata as crianças, com medo da reação dos pais. O mercado é totalmente diferente! Entenda a cultura empresarial, cumpra as regras. Ou você estará fora.

Peça ajuda. É mais difícil aprender sozinho.

Busque orientações para fazer seu plano de carreira e não se perder no meio do caminho. E sempre conte com quem sabe mais do que você para tirar dúvidas e se aprimorar.

Esses jovens de hoje, em seu início de carreira, desenvolvimento e amadurecimento, ainda não têm ciência de qual caminho profissional a seguir, ainda não conseguem fazer uma análise, se autoconhecer e descobrir sua Felicidade Interna Bruta, ou seja, o que será benéfico e trará satisfação e realização profissional. Este desconhecimento, junto com a ansiedade e a falta de maturidade, pode promover um erro futuro, gerando uma carreira sem sucesso, desmotivada e insatisfeita.

Minha última dica é: Tenha calma, escute a opinião daqueles que convivem com você, aprenda e busque conhecimento sempre e se errar, prepare-se para acordar em um novo dia, superar seus limites e aproveitar a oportunidade de poder aprender com seus erros.

Sobre Tarsia Gonzalez

Gestora, psicóloga, especialista em finanças, presidente do conselho de uma das maiores companhias do país, consultora e palestrante, Tarsia Gonzalez construiu uma carreira de sucesso observando as pessoas, angariando conhecimento e expertise para gerenciar com propriedade e criar times fortes e coesos. Seu esforço para equilibrar governança corporativa e profissionalização com a felicidade das pessoas que formam a empresa levou a Transpes, companhia fundada por seu pai, a receber por três anos consecutivos o prêmio da Revista Você S/A como Melhor Empresa para se Trabalhar do Brasil.

Saiba mais:

http://tarsiagonzalez.com.br/

https://www.facebook.com/tarsiagonzalez

https://www.instagram.com/tarsiagonzalez/

Deixe uma resposta