Deixar de concluir projetos pode se tornar um obstáculo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Por Madalena Feliciano

O hábito influencia sua vida profissional e pessoal

É normal ficarmos extremamente animados com novos projetos, pois com eles vêm as novas perspectivas, mas para levá-los adiante é preciso esforço e dedicação. Madalena Feliciano, criadora do 1º MÉTODO IPC (Impacto Positivo Comportamental) e CEO da Outliers Careers, conta como não terminar o que começamos pode nos prejudicar. 

“Ser perfeccionista é tido como uma qualidade em muitos pontos de vista, mas pode sim, ser um problema na hora de terminar um projeto, pois aquele que é perfeccionista não o conclui até estar satisfeito, e isso é realmente difícil”, relata. “O medo de fracassar também é muito comum, principalmente no começo da carreira profissional! Os jovens sentem que não tem o apoio ou base necessários para continuar com o projeto”. Outros obstáculos comuns também são a procrastinação e a síndrome de impostor.

Aquele que não concluí seus projetos é prejudicado na vida pessoal, pois seus amigos param de procurá-lo ao perceber que você nunca cumpre o planejado, e, principalmente na vida profissional, afinal ninguém vai contratar um funcionário que não honra os prazos e ainda pode prejudicar os colegas.

A especialista ressalta quais atitudes podem fazer com que você consiga alcançar o objetivo: Faça o que gosta, inicie projetos que lhe interessam; Perceba a importância do seu trabalho, como ele impacta no andamento da empresa e dos seus colegas. Fuja do convencional, isso vai te tornar mais criativo; Seja sempre direto e sincero, não inicie projetos que não tem capacidade para terminar; e, por fim, peça ajuda! “Se existem mais pessoas trabalhando com você, não hesite em compartilhar os problemas que encontrou no caminho”, finaliza Madalena.

Madalena Feliciano é gestora de carreiras

 

texto aqui

Comments are closed.