A SELEÇÃO E O PRINCÍPIO DE PETER.UMA VISÃO DA ELIMINAÇÃO NA ÓTICA DA ADMINISTRAÇÃO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Por Henrique Piacsek -Professor Universitário

O Princípio de Peter, ou princípio da incompetência de Peter, aplicado na administração, foi enunciado por Laurence J. Peter , dentro da Teoria Estruturalista, da seguinte forma:
“Num sistema hierárquico, todo funcionário tende a ser promovido até ao seu nível de incompetência. ”

Fazendo uma analogia entre o sistema hierárquico com a Copa do Mundo e o funcionário com a Seleção Brasileira, temos uma explicação para sua eliminação do torneio. O Brasil foi promovido até onde sua competência permitiu. É um time ruim? Não, não é. Tem perfil para ser campeão? Não. Deixando de lado a patriotada e o ufanismo, a Seleção não tem essa competência. Assim como um funcionário que é excelente na área operacional e ao ser promovido à um cargo gerencial mostra que não tem competência para o cargo de um nível superior (o tal do Princípio de Peter), a Seleção foi até onde sua competência permitiu na hierarquia do torneio.

O funcionário não é ruim, mas não tem competência para voos mais altos na hierarquia da organização. A Seleção não é ruim, mas não tem competência para voos mais altos no torneio.

O que fazer? Benchmarking, Reengenharia, Análise SWOT, Planejamento Estratégico e muita dedicação e treinamento.

Mãos à obra!
Qatar 2022 é logo ali.

texto aqui

Deixe uma resposta