A saída da Ford do Brasil : Seus efeitos para a economia podem chegar a perda de quase 119 mil empregos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Os números apresentados pelo Dieese são assustadores mesmo sem pandemia imagine com pandemia!

Com saída da centenária empresa do Brasil no mês passado
mais de 5.000 pessoas perderam seus empregos.

Cálculos feitos pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômico (Dieese) estimam que a saída da Ford do Brasil pode impacta na perda de quase  119.000 empregos se somando diretos, indiretos e induzidos — o que representa uma perda de massa salarial da ordem de R$ 2,5 bilhões ao ano.

A empresa já paralisou a produção atividades produtivas em Camaçari (BA) e deve fechar as unidades de Taubaté (SP) e Horizonte (CE), de jipes Troller, até o final do ano.

Além dos empregos perdidos também há a perda de impostos estimado em R$ 3 bilhões ao ano. Por mais que alguns analistas e pessoas do governo minimizem a saída da Ford do país o impacto será muito grande pois estamos em uma crise econômica muito grave com desemprego em vários setores além de uma perspectiva muito pequena de melhora neste ano.

Enquanto não houver vacinação  em massa a economia continuará a se comportar com um gráfico de serra onde viveremos tempos de altas e baixas. O problema dessa situação é que em tempos de  alta cada vez menos pessoas e empresa retornam a atividades comprometendo assim o crescimento do PIB brasileiro.

Com informações do G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *